Rafael Cardoso desabafa sobre afastamento dos filhos: “Sempre cuidei”

O ator abriu o coração ao falar da separação de Mariana Bridi, com quem teve Aurora, de 7 anos, e Valentim, de 4, que não vê há um ano

Separado de Mariana Bridi desde 2022, Rafael Cardoso abriu o coração e falou sobre o afastamento dos filhos, Aurora, de 7 anos, e Valentim, de 4, frutos do casamento de 15 anos com a influenciadora. “Sempre cuidei deles efetivamente”, disse para o Desconecta Rio, da TV Caras.

“Essa separação, ruptura, uma troca de vida e vai [viver] sem os filhos, né? Sempre fui muito família, sempre cuidei deles efetivamente, não era pai de Instagram. Tanto que nunca fiquei movimentando muito o Instagram dos meus filhos. Então, eu era um pai de verdade, é difícil uma ruptura dessas”, explicou.

Reprodução

O ator afirmou ser muito ligado à família e lamentou ter perdido um ano de convivência com as crianças: “A relação [com a ex-esposa] teve desgaste, mas os filhos, a relação com os filhos, de acordar todo dia, levar para escola, fazer comida para eles, tudo isso fragilizou […], mas hoje eu só agradeço, estou em um lugar de agradecimento e busca para mudar”.

Rafael se referiu a algumas polêmicas envolvendo seu nome, como a agressão ao dono de um bar na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, além dos flertes virtuais com outras mulheres, quando ainda era casado, incluindo menores de idade, e o apoio a declarações homofóbicas na web.

“Realmente, acabei me perdendo em alguns momentos, me perdi por excesso também, compulsividades. Tive que assumir para conseguir está aqui hoje sereno, tive que passar por esse processo de assumir as minhas compulsões, fragilidades. Me excedi, cometi excessos, me arrependo de muitas coisas”, pontuou.

O artista reforçou que o período em que ficou longe das redes sociais foi crucial para se reconectar consigo mesmo. “Me desconectei, eu cheguei até a escrever que eu andava tão distante de mim mesmo que qualquer perdido me achava”, frisou.

Ele prosseguiu: “É isso, me olhava de longe e percebi que não conseguia cuidar das minhas coisas, eu falava para mim mesmo. Mas, se eu não tivesse passado por isso, talvez eu poderia minimizar os problemas. Saí do lugar de vítima”.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost