“Não tenho medo de ameaças”, reforça Eber Machado na Aleac após registro de BO


Parlamentar teria sido ameaçado por envolvimento com o tópico do aumento tarifário de ônibus em Rio Branco

REDAÇÃO CONTILNET

O deputado estadual Eber Machado (PSDC) reforçou que não sairá do debate envolvendo o aumento da tarifa do transporte coletivo. Na sessão da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) desta terça-feira (12), o parlamentar afirmou que “tem sido vítima de ameaças”, sendo que, na última quinta-feira (7), Machado registrou um boletim de ocorrência (BO) após duas ameaças feitas por pessoas desconhecidas.

“Não tenho medo. O futuro a Deus pertence”, declarou o deputado Eber Machado. Foto: Reprodução

“O futuro ao nosso Deus pertence. Tenho sido vítima de ameaças, mas não tenho medo. O que temo é apenas sair acovardado dessa Casa do Povo, de não promover o debate em prol do povo”, disse Machado, se referindo à sua posição como autor do pedido de criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as empresas de transporte coletivo da Capital.

Nossa querida prefeita sancionou o aumento da passagem de ônibus, mas não podemos deixar de ver a realidade e a verdade. Apesar de ameaçado, quero apenas informar que essas pessoas estão perdendo tempo. Continuaremos fazendo o nosso trabalho com muita responsabilidade”, enfatizou o parlamentar.

“Socorro, acredito eu, tomou a decisão que julgou correta. Mas nós, da Aleac, também tomaremos as nossas decisões acreditando fazer o certo”, finalizou.

Outras Notícias

Veja Também