Sem receber do Emurb, caçambeiros fecham usina de asfalto no Distrito Industrial


Dívida com caçambeiros ultrapassa os R$ 1,8 milhões

SALOMÃO MATOS, DA CONTILNET

Um grupo de caçambeiros interditou na manhã desta quarta-feira (4), a entrada e saída de veículos da Usina de Asfalto localizada no Distrito Industrial de Rio Branco, em protesto pelo não pagamento de serviços prestados pela Empresa Municipal de Urbanismo (Emurb).

Segundo os profissionais, a Emurb não paga pelo transporte dos insumos e asfalto há mais de 3 meses e como a empresa não sinalizou até o momento com nenhum acordo para quitar o débito, decidiram radicalizar e prometem liberar a Usina de Asfalto somente mediante o pagamento integral dos meses atrasados.

O representante dos caçambeiros, Marcus Maia, disse qos diretores da Emurb afirmam não ter dinheiro para pagar o montante de R$ 1,8 milhões.

Caçambeiros fecharam acesso/Foto: cedida

“A resposta do diretor de operações da Emurb, Humberto Adad, foi que quem aguentasse trabalhar sem receber que continuasse, caso contrário, eles licitariam equipamentos em substituição os terceirizado. Como eles dizem que não tem dinheiro pagar o que devem e tem dinheiro para comprar novos equipamentos?”, questiona Maia.

Até o fechamento dessa edição nenhum diretor da Emurb apareceu na Usina de Asfalto para negociar com a categoria.

comentários

Outras Notícias

Veja Também