Rio Branco, Acre,


Diferencial, o primeiro de cinco temas sobre modelagem de negócio na coluna da Caroline

Vamos começar pensando a essência do que fazemos, como fazemos e o que nos diferencia dos demais

Este é o primeiro de cinco temas que vamos tratar nas próximas semanas a respeito de modelo de negócio. O objetivo é fazer você refletir e conhecer melhor o seu empreendimento. Vamos começar pensando a essência do que fazemos, como fazemos e o que nos diferencia dos demais. A cereja do bolo.

Dica: materialize suas ideias, coloque seus pensamentos no papel, no momento dessa leitura, vai se notar tendo insights e tirando conclusões. Rabisque.

PUBLICIDADE

Qual o diferencial do seu negócio?

Eu, e não só eu é claro, tenho acompanhado muitas lives e estou muito inspirada e feliz por ver tanto conteúdo fantástico sendo gerado nos “arrobas” de pessoas aqui do nosso estado. Esta semana, estou fazendo parte de uma maratona de conteúdo super instrutiva comandada pela Dani Dantas, e eu já de cara, super indico pra vocês, quem quer crescer nas redes sociais, não deixa de conferir o instagram dela @danidantasreal. Além de indicar a vocês o trabalho da Dani, eu queria falar sobre algo que me chamou muito a atenção durante as lives. É que muitas pessoas fizeram perguntas que estavam relacionadas ao modelo de negócio delas, mais especificamente sobre o diferencial competitivo.

Por essa razão, levantei aqui algumas questões que vão te ajudar a enxergar o diferencial do seu negócio. Mas antes, vamos refletir um pouquinho sobre porque devemos ter um diferencial e deixar isso bem claro para o nosso público.

O diferencial é aquele detalhe do seu trabalho/serviço/produto, que responde a seguintes perguntas: por que seu serviço/produto é melhor que o da concorrência? Por que seu cliente vai preferir o seu e não o outro? O que você entrega que torna o seu serviço único? Ter a resposta certa para essas perguntas, leva seu negócio a outro patamar, fideliza os clientes, atrair novos clientes, te torna referência para o seu público, gera e entrega valor.

Não se preocupe se você ainda não consegue responder essas perguntas com clareza, leia, pense e esteja disposto a dar a oferecer o melhor no seu negócio. O ideal é que seu diferencial seja sustentável, único e difícil de ser copiado. Mas, você pode começar com pequenos mudanças, e continuar na aventura constante em busca de diferenciais cada vez mais competitivos.

1. Conheça o seu público.

Não adianta nada você ter um diferencial que não é o que o seu cliente precisa. Estude, crie um personagem que vai representar o seu cliente ideal. Teste, converse, pergunte aos clientes que você já tem qual a razão de eles terem comprado de você. Identifique o cliente vê como vantagem.

2. Estude os seus concorrentes.

Você vai estudar os seus concorrentes para copiar o que eles estão fazendo, mas para fazer diferente ou melhor.

3. Não tenha medo de Inovar.

Use a sua criatividade, tente o que ninguém tentou, se não der certo, receba o aprendizado, volte um passo e continue. Se dê certo, patenteia sua marca, continua criando outros diferenciais, você pode ter quantos quiser.

4. Deixe claro o seu diferencial para o seu público.

Grite como uma galinha quando põe um ovo. Faça a propaganda e entre o valor que promete.

5. Preço baixo não é diferencial

Se você tem um cliente que comprou de você só pelo preço, no dia que ele tiver uma oferta de preço mais baixa, ele deixa de comprar de você. O consumidor se sente satisfeito em pagar o preço que considerar justo pela qualidade do produto. O mesmo serve para atendimento, não é diferencial se poder ser facilmente copiado. Só atender bem não gera competitividade, mas estar atento a experiência do cliente como um todo sim. Vamos entender melhor: digamos que você vai até uma loja e a atendente te recebe na porta, te oferece café, água, mostra os produtos. Você gosta e compra, mas ao utilizar o produto percebe que a qualidade não é o que você esperava. Você volta pra comprar novamente?

Só atendimento e preço não fidelizam o seu cliente, o diferencial é uma ação ou um conjunto de ações que tornam a concorrência irrelevante.

Presença nas redes sociais, atendimento em várias plataformas, serviços extras, são formas de encontrar uma boa estratégia de diferenciação. Os clientes costumam valorizar empresas capazes de superar as suas expectativas. Uma forma de alcançar essa condição é oferecendo a ele mais do que um produto ou serviço.

Quais os pontos fortes do seu negócio? Quais as fraquezas? Como você pode melhor? Tenha o seu negócio na palma da sua mão.

Espero que tenha ajudado você a refletir sobre seu empreendimento. As próximas pautas tornaram tudo mais cristalino.

final coluna.jpg

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias