Rio Branco, Acre,


Com missão de melhorar o Flamengo, Ceni tem desafio extra

Técnico tem muitos problemas para encarar o São Paulo

Rogério Ceni retoma nesta segunda-feira a preparação do Flamengo para o duelo com o São Paulo, quarta-feira, no Morumbi, que decidirá o futuro do time na Copa do Brasil.

Em um cenário cheio de problemas, o técnico terá que se desdobrar para armar o time e melhorar o desempenho, alvo de críticas após o empate com Atlético-GO.

PUBLICIDADE

A escalação será uma incógnita até provavelmente poucas horas antes da partida. Ceni ganhou três preocupações extras, já que ainda não sabe se Gabigol, Thiago Maia e Pedro serão vetados.

Há também a situação de Everton Ribeiro e Isla, que entram em campo na terça por suas seleções.

Uma das poucas certezas é a volta de Diego Alves ao posto de titular no lugar de Hugo.

Mesmo ainda sem estar nas condições ideais, a tendência é de que Arrascaeta seja escalado desde o início. Provavelmente mais centralizado, para que não seja tão exigido na parte física.

– O elenco tem caras ótimos de se trabalhar. Mas está fisicamente bastante cansado e com bastante lesões e desfalques, o que dificulta – disse Ceni.

Como perdeu por 2 a 1 o primeiro jogo, no Maracanã, o Flamengo precisa vence por dois gols de diferença para chegar na semifinal. Uma vitória simples leva a disputa para os pênaltis.

A situação de cada um:

Gabigol: o atacante teve dores na parte posterior da coxa direita e está em tratamento. Será reavaliado nesta segunda e, por enquanto, é dúvida para quarta-feira.

Thiago Maia: deixou o campo contra o Atlético-GO após uma entorse no joelho esquerdo. Iniciou tratamento e no domingo apresentou melhora. Outro que é dúvida para enfrentar o São Paulo.

Pedro: o atacante teve uma leve lesão na coxa direita e acabou cortado da Seleção, que joga na terça contra o Uruguai. Como o problema não é grave, não está totalmente descartada sua participação contra o São Paulo, mesmo que em apenas em parte do jogo. Será preciso avaliar a evolução e colocar na balança o risco de agravamento da lesão.

Pedro durante treino do Flamengo. Atacante foi cortado da Seleção — Foto: Marcelo Cortes/Flamengo

 

Everton Ribeiro: como foi titular e destaque do Brasil na vitória sobre a Venezuela, a tendência é de que esteja em campo em boa parte da partida contra o Uruguai, na terça. Como o jogo contra o São Paulo é na quarta, seria muito complicada sua participação, apesar de estar prevista sua ida direta de Montevidéu para capital paulista após a partida.

Isla: foi titular na vitória do Chile contra o Peru e a tendência é que também seja no duelo com a Venezuela, nesta terça. Situação ainda mais complicada do que a de Everton Ribeiro, já que seu jogo na terça é em Caracas e não volta em voo fretado direto ao Brasil. Comissão técnica não conta com o lateral para o duelo com o São Paulo.

Rodrigo Caio: ainda se recupera de uma lesão na panturrilha e está vetado do jogo de quarta-feira.

Filipe Luís: teve uma lesão na coxa há oito dias e está em tratamento. Na entrevista coletiva após o empate com o Atlético-GO, Rogério Ceni disse não acreditar na presença do lateral.

Diego: recuperado de uma lesão na coxa direita, está em processo de recondicionamento físico, mas ainda não fez atividades com bola junto com restante do time. Outro que Ceni está pessimista.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up