Rio Branco, Acre,


Mãe some por medo de linchamento de vizinhos após filhos morrerem queimados no Acre

Caio Evangelista Monteiro, de 2 anos, Diogo Evangelista Monteiro, 4, e a bebê Vitoria Sofia foram carbonizados

Jociane Evangelista Monteiro, mãe das três crianças carbonizadas na noite de sábado (19), no bairro Calafate, em Rio Branco, está sumida e não retornou à sua residência, após ser liberada em audiência de custódia, realizada no domingo (20).

Segundo informações apuradas pelo ContilNet por meio de conhecidos, Jociane está em local onde apenas a família tem conhecimento. No entanto, ela não pode se ausentar da capital.

O motivo do recolhimento é que ela teme por represálias por parte de moradores, devido a repercussão e comoção que o caso tomou.

Ainda de acordo com relatos, a mãe não tratava bem as crianças no dia a dia. “Ela não era de cuidar bem deles, eles passavam necessidades, a gente tinha pena deles e não podia fazer nada. Além disso, deixava os garotos sozinhos aos fins de semana”, ressaltou.

As vítimas, Caio Evangelista Monteiro, 2 anos; Diogo Evangelista Monteiro, 4, e a bebê Vitoria Sofia, de 8 meses, estavam sozinhas no momento do acidente.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up