Rio Branco, Acre,


Nonato Vianna traz clicks do casamento de Bruna e Allan Lima na coluna da semana

Bruna e Allan Lima, consolidaram a linda e amorosa união em cerimonia religiosa na igreja Santa Luzia

Enlace matrimonial de Bruna e Allan Lima
Em cerimonia intimista, in family, os jovens Bruna e Allan Lima, consolidaram a linda e amorosa união em cerimonia religiosa na Igreja Santa Luzia, em celebração proferida pelo padre Marcos Antônio, na noite de sexta-feira.

Emocionados com a união dos filhos, os pais da noiva, Valdecir Gonçalves Julio e Devanilda Cazuza, e os pais do noivo, Dulcineia Vaz e Aderbal Lima; os padrinhos Dácio Santos e Adenilza Cazuza (noiva), Ramalho Moreira e Leuda Melo (noivos), não esconderam a alegria do momento único em que foi confirmado o SIM, até que a morte os separe.

Um dos momentos marcantes e pra lá de emocionante, foi a participação das avós do noivo, que foram até ao altar, senhora Ivanilde Lima, conduziu a imagem de Nossa Senhora e Maria Neuza dos Santos, carregou a Bíblia Sagrada.

Tudo em perfeita harmonia e emoção com a união dos netos e da família unida vibrando de felicidade.
Após a celebração, os recém-casados receberam os familiares para um jantar requintado no Restaurante Pão de Queijo, com menu assinado pela expert Denise Borges. O fotografo Alexandre Magno (68) 99951-6424, registrou com exclusividade os dois momentos do casório.

Este cerimonialista teve o privilegio de assinar o evento seleto, que deixou todos em polvorosa.

Os recém casados Bruna e Allan Lima, exalando felicidades com a realização da união matrimonial
O Casal Dulcineia Vaz e Aderbal Lima, felizes com o casamento do filho Allan e Bruna Lima
Valdecir Gonçalves e Devanilda Cazuza, conduzindo a filha Bruna ao alta para consolidar a união com Allan Lima
Senhora Ivanilde Lima, emocionou-se ao presenciar a união do neto Allan com a bela Bruna Lima. Feliz e de bem com a vida, comemorou em grande estilo
Serena e realizada com o casamento do neto Allan, Neusa Santos comemorou o enlace do casal
In family – assim foi a cerimonia dos recém casados. Uma foto que merece ser admirada e aplaudida

Sergio Petecão e Maria das Vitórias
Em clima de harmonia e em defesa de politicas publicas para o Acre, o senador Sergio Petecão anuncia que se afastará da cadeira por quatro meses e, sua suplemente, Maria das Vitórias, assumirá o senado. Maria das Vitórias tem um alegado político de referencia e com certeza fará uma gestão coesa e compromissada com as Políticas Públicas para as Mulheres.

16 Dias de Ativismos pelo Fim da Violência contra as Mulheres
É uma campanha anual e internacional que começa todo dia 25 de novembro, Dia internacional pela Eliminação da Violência contra as Mulheres, e vai até dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. No Brasil, a mobilização abrange o período de 20 novembro a 10 de dezembro.

A referida campanha foi iniciada em 1991, por ativista no Instituto de Liderança Global das Mulheres e continua sendo coordenada pelo mesmo grupo. O movimento é uma estratégia de mobilização de indivíduos e organizações no mundo, para engajamento na prevenção e na eliminação da violência contra mulheres e menina.

Em apoio a esta iniciativa da sociedade civil, a campanha do secretário geral da ONU, Antônio Guterres, “Una-se pelo fim da violência contra as mulheres até 2030”, pede ações globais para aumentar a conscientização, estimular os esforços de defesa e compartilhar conhecimentos e inovações.

Em 2019, a campanha “Una-se”, também marcou os 16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência Contra as Mulheres, com o tema “Pinte o mundo de laranja: geração igualdade contra o estrupo”.

O estupro está enraizado em um conjunto complexo de crenças patriarcais, poder e controle que continuam a criar um ambiente social no qual a violência sexual é generalizada e normalizada. O número exato de estupros e agressões sexuais é notoriamente difícil de confirmar, devido a impunidade frequente para os estupradores e o estigma em relação às sobreviventes e seus silêncios.

Por essa razão, sob o apoio da campanha Geração Igualdade, da ONU, que marcou o 25º aniversário da Declaração e Plataforma de Ação em Pequim, a campanha “Una-se”, pede as pessoas de todos os Países e lugares que aprendam mais e se posicionem contra a cultura de estupro generalizado que nos rodeia.

Segundo dados divulgados pelo 14º Anuário Brasileiro de Segurança Pública,  neste ano 648 feminicídios foram contabilizados, representando um aumento de 1,9 em relação aos seis primeiros meses de 2019.

Deste total, 61% das vitimas são mulheres negras, 70,7% cursaram até o ensino fundamental, 29,8% tinham idade entre 30 a 39 anos, 88,88% foram assassinadas pelos próprios companheiros ou ex-companheiros e 65,6 das vitimas foram assassinadas dentro de casa.

O Acre no ranking
O estado do Acre lidera o ranking com maior número de feminicídios no Brasil, sendo contabilizado no primeiro semestre de 2020 um aumento de 166% se comparado a 2019, ficando assim distribuído por município: Rio Branco lidera a taxa de percentual de vítimas de feminicídio com 52,50%, Feijó 12,50%, Manuel Urbano 12,50% e Tarauacá 12,50%, dados esses confirmados pelo Observatório de Análise Criminal do MP/AC.

16 Dias de Ativismo no Acre
Como estratégia de atuação, aderimos a Campanha dos 16 Dias de Ativismo contra a Violência de Gênero, uma campanha mundial organizada pela ONU com início no dia 25 de novembro e término no dia 10 de dezembro, data em que foi proclamada a Declaração Internacional dos Direitos Humanos, aqui, o governo do Estado, por meio da SEASDHM, através da Diretoria de Políticas para as Mulheres, utilizará o tema: “Nenhuma mulher a menos, um homem a mais para apoiar”.

Como forma de agregar mais a campanha, haverá a assinatura do Acordo de Cooperação Técnica para a implementação do Programa Maria da Penha vai a Escola e à Aldeia, entre os governos federal e estadual, Poder Judiciário e demais instituições que compõem a rede de atendimento a mulheres e meninas com escopo de educar para prevenir e coibir a violência contra mulheres, divulgar a lei Maria da Penha e encorajar outras tantas e denunciarem, para sair da situação de violência em que vivem.

Programação de continuidade da agenda institucional aos 16 Dias de Ativismo
Data: 14/12 – Segunda Feira / Horário: 16h00min
Pauta: Encontro com os prefeitos eleitos do Acre para entrega da Carta Aberta com proposições de políticas públicas eficazes para mulheres e pessoas com deficiência.

Local: Auditório da OAB/AC
Endereço: Alameda Min. Miguel Ferrante, 450, Portal da Amazônia – Rio Branco/AC

18h00min – Cerimônia de Assinatura do ACT Maria da Penha vai à Escola e Maria da Penha vai a Aldeia
Local: Memorial dos Autonomistas, Teatro Hélio Melo – Av. Getúlio Varga / Centro

Quem ilustra a coluna da semana é a diva e referência em cerimonial no Acre e no Comitê Nacional do Cerimonial Público é Izabel Barros. Uma mulher que tem um alegado no mercado e inspira as demais pessoas que sonham em entrar para o mundo do Cerimonial e Protocolo.

Vagno di Paula
Nosso querido e amigo contagiante Vagno di Paula, está se recuperando do Covid-19. Um ser de luz, que tem estilo próprio e brilha com seu espontâneo de ser. Sempre sorridente e de bem com a vida, nós colunistas sociais da ACOS e a sociedade te espera para comemorarmos vida nova e outro ciclo que iniciará após sua recuperação. Apaixonado por MPB, deixo um refrão de uma das cantoras que ele ama, Gal Costa.

Você precisa tomar um sorvete
Na lanchonete, andar com a gente
Me ver de perto
Ouvir aquela canção do Roberto
Baby, baby, há quanto tempo…

Com essa imagine do fofucho Vagno e da diva Jocely Abreu, expresso o carinho, respeito e admiração ao colunista.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up