21 C
Rio Branco
13 maio, 2021 8:08 pm

Homem que matou servidor com 49 facadas é condenado a 20 anos de prisão

POR METRÓPOLES

O homem apontado como responsável pelo latrocínio (roubo seguido de morte) praticado contra o servidor público Reginaldo Fernandes Guedes, 54 anos, na madrugada de 5 de março de 2020 foi condenado a 20 anos de prisão em regime inicialmente fechado. Luciano Duarte de Sousa, 21 anos, desferiu 49 golpes de faca na vítima.

O crime ocorreu às margens da BR-020. Conforme a investigação, os dois se conheceram em um bar de Planaltina, onde beberam juntos de outros amigos do suspeito. Em determinado momento da noite, Luciano teria convencido o grupo a ir até um outro bar, em Sobradinho.

No percurso, a vítima parou o carro a pedido do criminoso, que sacou uma faca e exigiu a entrega do veículo. Os amigos de Luciano se assustaram com a situação e fugiram do local. Em seguida, o acusado matou a vítima a facadas e levou o carro.

O corpo do funcionário do Ministério da Ciência e Tecnologia foi encontrado no Km 16 da BR-020, perto da Pousada Alfama. Havia indícios de que as lesões no tórax e pescoço da vítima foram feitas ali, às margens da rodovia.

Durante as buscas, os policiais encontraram o carro de Reginaldo — um Palio vermelho — capotado a 1,5 km de onde o corpo dele foi localizado.

Ao apresentar defesa, o Luciano pediu que o crime fosse desclassificado para homicídio consumado e pediu também que recorresse em liberdade.

Ao julgar, o magistrado da 1ª Vara Criminal e 1º Juizado Especial Criminal de Planaltina destacou que tanto a materialidade quanto a autoria dos delitos estavam claras.

“O conjunto probatório juntado aos autos conduz à certeza de que esse praticou os fatos narrados na peça acusatória, de forma livre e consciente, com ânimo de assenhoramento definitivo e mediante violência, matou a vítima, desferindo-lhe golpes de faca e subtraiu para si o veículo, pertencente a ela”, explicou.

Dessa forma, o réu foi condenado a 20 anos de reclusão, além de 10 dias- multa. Ainda cabe recurso da sentença.