Rio Branco, Acre,


Polícia interrompe festa e cantor da Banda Eva pede para tocar duas músicas

Surpreendentemente, os policiais atenderam ao pedido de Felipe. O público insatisfeito começou a vaiar e mostrar o dedo do meio

A Banda Eva foi a atração principal do Réveillon Arcanjos, em Barra de São Miguel, em Alagoas. Mas a polícia militar interrompeu a festa bem na hora que o grupo subiu ao palco. O vocalista, Felipe Pezzoni, pediu aos policiais se eles poderiam cantar pelo menos duas músicas para que o público não ficasse irritado com os músicos.

Surpreendentemente, os policiais atenderam ao pedido de Felipe. O público insatisfeito começou a vaiar e mostrar o dedo do meio, e o cantor respondeu: “Não é para mim que vocês tem que fazer isso. A polícia tem que deixar as pessoas trabalharem”.

O organizador da festa também reclamou da interrupção da polícia e saiu de lá preso por desacato. Depois da confusão, o evento continuou como se nada tivesse acontecido.

Fonte: METRÓPOLES/LEO DIAS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up