Rio Branco, Acre,


Bittar cobra solução para auxílio emergencial: “As pessoas precisam comer”

Relator da Comissão Mista de Orçamento diz buscar uma solução para o assunto. Grupo precisar dar votar orçamento deste ano até fim de março

Tão logo tomaram posse como presidente e relator do Orçamento deste ano, a deputada Flávia Arruda (PL-DF) e o senador Márcio Bittar (MDB-AC), respectivamente, seguiram para um encontro com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Na pauta da reunião está a busca de uma solução orçamentária para se conceder o auxílio emergencial para pessoas que ficaram sem renda em meio a pandemia do coronavírus.

Para Bittar, não há como esperar a aprovação de reformas no Congresso para se garanta o auxílio. “As pessoas precisam comer, não vão esperar”, disse Bittar, antes do encontro com o ministro.“Então, eu digo desde o ano passado que elas [reformas] precisam caminhar juntas. Agora, é fundamental como sinal de responsabilidade que, ao apresentar a peça orçamentária, se dentro dela estiver a solução para os brasileiros que ainda precisam do Estado, tenha também as PECs emergenciais, dos gatilhos, que esteja dentro”, analisou Bittar.

Para ele, com isso é possível sinalizar com clareza a retomada da agenda econômica “e o cuidado com brasileiros que ainda precisam do Estado”, ressaltou.

“É importante que esse orçamento, em um momento tão delicado para o Brasil, seja feito com o máximo de equilíbrio. Desafio é achar uma convergência entre os poderes”, continuou.

Segundo Bittar, “é isso que o Brasil espera”. “Como sinal dessa boa vontade do Congresso Nacional eu e a presidente Flávia estamos indo ao ministro Paulo Guedes para iniciar com ele oficialmente o diálogo”, disse.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up