32 C
Rio Branco
16 abril, 2021 3:46 pm

Depois de visitar Sena sem máscaras, Bolsonaro é alvo de ação na PGR

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O deputado federal Leo de Brito, do Partido dos Trabalhadores (PT), entrou com uma ação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Jair Bolsonaro.

De acordo com Leo, o presidente deve responder criminalmente por ter ido a Sena Madureira, no último dia 24 de fevereiro, e ter abraçado centenas de pessoas sem máscaras, em meio à pandemia do novo coronavírus.

Leo de Brito: Bolsonaro está por trás de ataque a tiros ao acampamento Lula Livre? - Brasil 247
Léo de Brito e Bolsonaro/Foto: Reprodução

A decisão do parlamentar surgiu após a notícia de que a cidade visitada pelo chefe do executivo registrou na sexta-feira (6) 70 novos casos de coronavírus em 24 horas.

“Esta é a cidade onde promoveram aglomerações, com o presidente e toda sua comitiva, sem máscaras”, publicou o petista.

“Representei criminalmente contra o presidente no MPF. Esse crime contra o povo de Sena Madureira não pode ser ignorado”, finalizou.