30 C
Rio Branco
6 maio, 2021 1:56 pm

UPA do 2° Distrito e da Sobral serão as primeiras a serem administradas pelo Igesac

POR SECOM

“Estamos unindo forças neste processo transitório, que se prolongará pelos próximos dois meses. Com a promulgação da lei estadual nº 3.636, de 15 de junho de 2020, como instituto sem fins lucrativos, iniciamos agora a execução com foco na gestão de unidade, propiciando qualidade aos funcionários e, consequentemente, aos usuários do Sistema de Saúde”, destaca a diretora Izanelda Magalhães, do Instituto de Gestão de Saúde do Acre (Igesac), sobre a apresentação dos estudos operacionais, clínicos e situacionais realizados na UPA Franco Silva, do bairro Sobral , e a do 2° Distrito, ambas em Rio Branco.

A declaração foi dada durante reunião realizada na manhã desta terça-feira, 27, pela equipe técnica do instituto, à Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), e contou com a presença do secretário Alysson Bestene, da secretária adjunta Paula Mariano, do diretor de Unidades Próprias Cristiano Souza, da diretora de Controle e Avaliação Adriana Salomão e do assessor jurídico João Paulo Silva.

Uma das principais garantias é incorporar ao Igesac os mais de mil profissionais do quadro de servidores das unidades de saúde que passarão a ser gerenciadas pelo instituto. O foco da parceria entre governo e Igesac é o aprimoramento do Sistema Único de Saúde (SUS) no Acre, reforçando a qualidade dos serviços oferecidos no Estado.

O modelo de gestão do Igesac teve aprovação na Assembleia Legislativa (Aleac), sendo instituído pela lei 3.636 de 15 de junho de 2020. Dessa forma, o instituto se torna um serviço social autônomo, ou seja, pessoa jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, de interesse coletivo e de utilidade pública. Possui regulamentos próprios para contratação de quadro de pessoal e aquisição de bens e serviços, o que permite dar uma resposta mais diligente para a população do estado.

Alysson Bestene analisou a contratualização, que versará o gerenciamento das UPAs localizadas na capital: “Tivemos hoje uma reunião produtiva e importante, em que obtivemos mais conhecimento técnico sobre os serviços que são ofertados nas duas unidades e pudemos discutir os estudos elaborados, para ajustar as perspectivas de melhorias sob a gestão do Igesac”.