21.3 C
Rio Branco
23 junho, 2021 11:55 am

Criminosos do CV são presos após fazerem conselheiros reféns e tentarem matar jovem

Com os dois criminosos detidos, os PMs conseguiram chegar até às vítimas que se encontrava em uma residência

POR ITHAMAR SOUZA, PARA CONTILNET

Dois criminosos da facção Comando Vermelho foram presos após fazerem dois conselheiros tutelares reféns e tentaram matar um jovem na tarde desta quarta-feira (2). A prisão da dupla aconteceu no bairro Ilson Ribeiro, na região do Calafate, em Rio Branco.

Segundo informações da polícia, dois conselheiros tutelares estava atendendo uma denúncia de maus-tratos, quando foram surpreendidos por sete criminosos que fazem parte da facção Comando Vermelho, que de posse de armas de fogo renderam os conselheiros e roubaram uma caminhonete modelo Amarok, de cor prata e placa NAC-0076. Após roubar a caminhonete e os celulares das vítimas, o grupo fez os conselheiros tutelares reféns dentro de uma casa, sob a mira de armas de fogo, durante quase três horas no bairro Ilson Ribeiro.

Ainda segundo informações da polícia, durante o intervalo que os funcionários ficaram reféns, a caminhonete deles foi usada pelos bandidos para atacar e tentar matar o jovem Leonardo Lima de Souza, 22 anos, com 4 tiros na rua do Passeio, no bairro Taquari, no Segundo Distrito de Rio Branco.

Os bandidos renderam os conselheiros e roubaram uma caminhonete modelo Amarok/Fotos: ConstilNet

Uma guarnição do Giro recebeu uma denúncia via Ciosp informando que quatro criminosos estavam com a caminhonete roubada dos conselheiros tutelares trafegando pelo bairro Ilson Ribeiro. Os policiais conseguiram encontrar o veículo e fizeram o acompanhamento, mas os bandidos, ao perceberem os PMs se aproximando, pararam a caminhonete e entraram correndo em uma área de mata.

Foi feito um cerco na região e os policiais conseguiram prender dois membros do CV em posse de pistola (ponto 40), com três munições e 1 revólver calibre 32. Os outros dois bandidos conseguiram fugir na área de mata.

Com os dois criminosos detidos, os PMs conseguiram chegar até às vítimas que se encontrava em uma residência no Ilson Ribeiro.

Diante dos fatos, a dupla foi encaminhada para a Delegacia de Flagrantes (Defla), juntamente com duas de fogo e a caminhonete. Os conselhos tutelares foram liberados do cativeiro e representaram na unidade de Segurança Pública contra a dupla.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.