20.3 C
Rio Branco
2 agosto 2021 2:18 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Greve da educação é suspensa, mas categoria está ‘magoada’ com Gladson

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Conciliação

Depois dos profissionais da saúde encerrarem a greve da categoria ontem, hoje foi a vez dos trabalhadores da educação suspenderem a paralização. Em uma audiência de conciliação promovida pelo TJAC, governo e trabalhadores sentaram à mesa para discutir alternativas. O governo, através da secretária Socorro Neri, apresentou 11 propostas de melhoria para a categoria, que aceitou a oferta e decidiu suspender a greve.

Mas nem tanto

Apesar da suspensão da greve, a categoria não ficou completamente satisfeita com o desfecho das negociações, vide as palavras da presidente do Sinteac, Rosana Nascimento. “A nossa categoria não acredita mais nesse governo. Apesar do acordo judicial, ainda é necessário ser aprovado na Aleac, então até lá a greve estará suspensa. Caso não aprove em fevereiro, nós retornamos a greve”, disse. Outra reclamação da sindicalista é que o Governo do Estado agiu com muito mais empenho para encerrar – e consequentemente atender as exigências – a greve da saúde do que a greve da educação.

Itamaraty

Os supostos casos de extorsões sofridos por brasileiros que estudam na Bolívia podem virar caso de política internacional no que depender do deputado federal Jesus Sérgio (PDT). O parlamentar solicitou ao Itamaraty providências para proteger os estudantes brasileiros da Universidade Amazônica de Pando (UAP), na cidade boliviana de Cobija. O deputado quer a instauração de inquérito para apurar as denúncias e punir os responsáveis.

Merenda

A secretária de Educação do Acre, Socorro Neri, participou de uma reunião com o MPF e o Ministério da Agricultura onde foi apresentado ao Governo do Acre a possibilidade do estado implantar um Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que compra de produtos da agricultura familiar para o fornecer merendas a escolas indígenas e da zona rural. Uma comissão foi criada para colocar a iniciativa, que já existe em outros estados, em prática.

Pacotão

O governador Gladson Cameli sancionou ontem um pacote de leis aprovado pela Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), que deve ajudar na melhoria da economia no Estado. As medidas vão desde a redução de carga tributária sobre o óleo diesel e o biodiesel para as empresas de transporte de passageiros até a prorrogação do pagamento do IPVA.

Nomeado

O professor Tião Flores (PP), ex-prefeito de Epitaciolândia, ganhou uma chefia de departamento na Secretaria Estadual de Educação. Em 2020 Tião foi candidato à reeleição no município do interior do Acre mas ficou em último lugar entre os quatro concorrentes ao pleito que elegeu o delegado Sérgio Lopes (PSDB) como o novo prefeito da cidade.

Aliado

Saiu no Diário Oficial de hoje a nomeação do coronel Ulysses Araújo como diretor na Secretaria Estadual de Segurança Pública. O coronel, que disputou contra Gladson o cargo de governador em 2018, agora é um aliado de primeira hora. Filiado ao PSL, Ulysses foi um dos entusiastas da ida do partido para a base do governador.

Denúncia

Hoje, durante sessão na Câmara de Vereadores de Rio Branco, o vereador Fábio Araújo (PDT) questionou algumas compras feitas pela prefeitura da Capital. De acordo com o vereador, a prefeitura pode ter cometido irregularidades na compra de café da manhã e marmitas pela Zeladoria Municipal e na compra de cestas básicas pela Assistência Social. O vereador pediu cópias dos processos para verificar as possíveis irregularidades.

Socialista

O governador do Maranhão, Flávio Dino, anunciou hoje sua saída do PCdoB. O futuro do governador é provavelmente o PSB. Caso a mudança se concretize, Dino fará o mesmo caminho que o deputado estadual Jenilson Leite, que também saiu do PCdoB e foi para o PSB. Ainda que os partidos façam parte do mesmo campo ideológico, a escolha pelo PSB nessa troca, que está mais ao centro que os comunistas, se deve muito em razão do partido ter sido menos afetado pelo antipetismo que o PCdoB, e isso faz diferença na hora do voto.

Lamentou

Quem lamentou a saída do governador do Maranhão do PCdoB foi a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB). “O Flavio Dino construiu com a gente uma página de luta e beleza na história centenária do PCdoB. Sua decisão indica a necessidade de atitudes urgentes pela honra do legado, pela luta presente e pelo tributo ao futuro que cabem ao Partido Comunista do Brasil. Seremos sempre camaradas”, twittou.

De fora

Ontem, o governo do Acre modificou o decreto sobre as regras e funcionamento do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19. Foram incluídos no comitê a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública e a Agência Brasileira de Inteligência, a ABIN. Quem continuou de fora do comitê foi a Aleac, que mesmo insistindo para fazer parte do grupo, não foi atendida.

Vacina no braço

O mutirão da vacina já pode ser considerado uma das ações mais acertadas e exitosas do governador Gladson Cameli e do prefeito Tião Bocalom com relação aos imunizantes. A reclamação em relação a lentidão da vacinação na Capital era recorrente enquanto só a prefeitura estava à frente da imunização, com o governo estadual em campo, a situação deve melhorar. Só hoje, no primeiro dia do mutirão, entre às 8h e as 15h36, foram 1.000 doses aplicadas. Gol de placa!

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.