26.3 C
Rio Branco
14 junho, 2021 10:42 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

MS bate novo recorde com 1.650 casos positivos e 63 óbitos por Covid

Estado bate recorde de novos infectados no fim de semana

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – A pandemia está na terceira onde em Mato Grosso do Sul ou continua a gravidade de sempre com o agravante de expressiva piora e recorde batendo recorde no Estado. Nesta segunda-feira (7), se registra mais 1.650 casos positivos e 63 óbitos pelo coronavirus. Os dados, saíram a pouco, em  mais uma live, reproduzida pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), na divulgação da situação da Covid-19 no Estado, informando dados atualizados diariamente.

A transmissão contou com a presença dos responsáveis pela pasta da saúde no Estado, o secretário Geraldo Resende e a secretária adjunta Chistine Maymone, que ressaltou que Mato Grosso do Sul vive um momento de alerta, devido a proliferação da variante P2, uma cepa da doença muito mais transmissível que a anterior.

Já Resende relatou a situação extrema em que se encontram as unidades de saúde, realidade onde todas têm sua ocupação acima dos 100%, contribuindo para um eminente colapso na saúde. “O número de infectados nas últimas 24 horas é de 1.650 novos casos, número este subestimado tendo em vista o retorno de um  feriado prolongado, porém ainda batendo o recorde de proliferação em volta de final de semana”, disse o secretário.

Dados Atualizados – Segundo atualização das últimas 24 horas, vieram a óbito no Estado um total de 63 pessoas, sendo com 27 somente na Capital. E ainda 21 estão em investigação. Foram confirmadas até o momento 7.185 mortes, desde inicio em março de 2020.
Até o momento são 303.209 casos confirmados em MS, número que ultrapassou a casa dos 300 mil no sábado, conforme o ContilNet noticiou, configurando a pior semana epidemiológica do Estado. E ainda, muitos quadros seguem realizando isolamento em casa, que segundo o boletim de hoje somam 20.607 até o presente momento.
UTIs

O total de internados é de 1.303, entre as redes públicas e privadas de saúde, apresentando contínuo acréscimo. Deste total, são 1000, os pacientes que seguem em tratamento só nas unidades hospitalares públicas,  sendo 575 em leitos clínicos, onde são tratados casos de menor gravidade e 425 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), local em que estão os mais graves.

Lista de espera para os que aguardam por um leito de tratamento de covid no Estado, vem ganhando força. Central de Regulação de Campo Grande, apresenta 164 pessoas em lista de espera. Conforme informações da SES, a disponibilidade de leitos de UTI destinados a Covid na Capital é de 108%, onde tem sido necessário a criação de leitos improvisados.

O MS já tranferiu para os estados de Rondonia e São Paulo, 19 pessoas. Na semana passada foram nove para o estado do Norte e neste domingo (6), como noticiamos, foram 10 pacientes para capital Paulista.