15.3 C
Rio Branco
30 julho 2021 3:24 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Bocalom confirma apoio a Petecão: “Gladson apoiou uma candidata que não era do PP, então a porteira abriu”

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Martelo batido

O prefeito Tião Bocalom (Progressistas) disse não ter qualquer dúvida sobre quem vai apoiar nas eleições do próximo ano para governador, é o senador Sérgio Petecão (PSD). “Eu seria muito ingrato se não apoiasse o Petecão, porque foi o senador que me deu suporte para a campanha”, disse o mandatário.

Martelo batido 2

Para a disputa da vaga ao Senado, o prefeito da Capital também tem um nome definido, a senadora e candidata a reeleição Mailza Gomes, correligionária de Bocalom. O motivo do apoio é o mesmo que o prefeito usou para justificar o apoio a Petecão, a gratidão. “Foi a senadora Mailza que segurou minha candidatura dentro do Progressistas”.

Não teme

O prefeito disse que não teme sofrer qualquer tipo de punição dentro do partido por apoiar um candidato que não é do Progressistas. “Eu sempre fui muito claro com o governador (Gladson Cameli), ele sabe que eu sou um homem e não sou de trair os meus amigos, apesar de já ter sido traído muitas vezes, mas eu tenho obrigação de apoiar o Petecão, porque foi ele quem me apoiou”. E completou, “se na eleição passada o governador apoiou uma candidata que não era do partido, então a porteira abriu”.

Assumiu

Depois da saída conturbada do ex-presidente municipal do PDT, Jefferson Barroso, o partido já tem outro nome no comando da sigla em Rio Branco, o advogado Cícero André, de 28 anos. O jovem advogado, que já era vice-presidente da legenda, assume agora o comando do partido brizolista na Capital.

Demitido

A senadora Mailza Gomes (Progressistas) exonerou hoje de seu gabinete o assessor José Ildson Viana. O agora ex-assessor, que também é pastor evangélico, está envolvido em uma denúncia de assédio sexual, feito por uma candidata a uma vaga de emprego na Santa Casa, onde Ildson também trabalha, na função de diretor do hospital. O caso está em investigação pela polícia.

Acertou

A senadora acerta ao afastar o assessor de seu gabinete. As denúncias são graves e cabe agora à Justiça dizer se o pastor é culpado ou não. Com a atitude, a senadora demonstra que não compactua com qualquer tipo de violência contra as mulheres.

Se movimentando

Em sua primeira visita ao interior desde que recebeu o apoio da direção nacional do MDB à sua pré-candidatura ao Senado, a deputada federal Jéssica Sales esteve em Manoel Urbano, Tarauacá e Feijó, para se reunir com os diretórios municipais da sigla. “Meu compromisso maior é com o povo acreano. Assumi essa identidade de ser uma política municipalista desde o início do meu mandato”, disse a deputada, reforçando a narrativa de que trabalha por todo o Estado, e não apenas por sua base eleitoral, a região do Juruá.

Tudo aberto

Em entrevista a um site local, a pré-candidata ao Senado pelo MDB disse que mantém o diálogo aberto com todo os partidos e com todos os possíveis candidatos ao governo. Se Jéssica Sales vem em uma dobradinha com Gladson Cameli (Progressistas), Sérgio Petecão (PSD), ou até mesmo Jorge Viana (PT), nem ela ainda sabe, a única certeza é que ela vai mesmo disputar a vaga para o Senado.

Na ativa

Mesmo de recesso parlamentar, a vereadora de Rio Branco, Michelle Melo (PDT), não quer saber de parar. A vice-presidente da Câmara de Vereadores se reuniu hoje com a secretária estadual de Educação, Socorro Neri, e foi só elogios à ex-prefeita. “Se tem uma pasta com com a qual o governador Gladson Cameli pode ficar tranquilo, é com a comandada por ela. Inovação, transparência e zelo com a coisa pública são marcas que a Socorro deixa por onde passa”.

UDV

A União do Vegetal, religião ayahuasqueira genuinamente amazônica, completa hoje 60 anos de fundação. Nas redes sociais, a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) e o deputado estadual Edvaldo Magalhães (PCdoB) prestaram homenagens à religião e ao Mestre Gabriel, fundador da doutrina. Viva a União do Vegetal!

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.