17.3 C
Rio Branco
21 julho, 2021 6:12 am

Na capital, idoso vendedor de água de coco é enganado com nota falsa de R$ 50: “Era tudo que eu tinha”

POR ITHAMAR SOUZA, DO CONTILNET

O vendedor de água de coco, Edmundo Vitor da Silva, de 66 anos, foi enganado na noite desta segunda-feira (19), enquanto trabalhava no semáforo em frente a Loja Agroboi na Avenida Ceará Rio Branco.

Edmundo, que vende as garrafinhas de água de coco todos os dias para ter o sustento de sua família e para pagar o aluguel de sua casa no bairro Calafate, foi enganado por um bandido que na hora do pagamento de uma água de coco passou ao idoso uma nota falsa de R$ 50,00. Inocentemente e por não enxergar bem durante a noite, o idoso recebeu o dinheiro falso, entregou a água de coco ao “cliente” e ainda perdeu o valor de R$ 45,00 arrecadado das vendas do dia e foi pra casa sem nenhum centavo nem mesmo para comer.

Edmundo vende garrafinhas de água de coco na capital. Foto: Reprodução

“Era todo dinheiro que eu tinha, dinheiro para comprar os mantimentos de minha família, o arroz, feijão, ovos e alguma carne e aluguel” disse Edmundo muito triste. O criminoso em seguida fugiu. Edmundo só foi perceber que o dinheiro recebido era falso, quando um amigo vendedor de pão que trabalha no mesmo local do idoso, visualizou a nota.

“Isso é muita maldade, vejo a luta do senhor Edmundo todos dias, vendendo sua água de coco para sustentar sua família e ainda vêm um delinquente e engana o idoso, não está fácil pra ninguém, isso que fizeram o senhor não se faz”, disse o amigo de Edmundo.

Quem puder ajudar o Senhor Edmundo, pode comprar as garrafinhas com água de coco a partir das 13h no semáforo da loja Agroboi, o valor é de R$ 5 reais. Você também pode ajudar de outras formas, sacolão, alimentos ou dinheiro.

Davi Sahid – Número para contato: (68)99993-3128 (WhatsApp).

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.