25.3 C
Rio Branco
19 setembro 2021 2:57 am

Com quase 7 mil votos em 2018, José Adriano fala sobre 2022: “Minha candidatura mostrou a força da indústria”

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 15/08/2021 17:38

Presidente de uma classe muito forte, que é a indústria, responsável por boa parte da engrenagem que faz a economia acontecer no Acre, José Adriano esteve nos estúdios do ContilNet em uma entrevista onde falou do papel da Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC), durante a pandemia.

José Adriano está em seu segundo mandato à frente da federação que abrange pelo menos 10 sindicatos dos ramos de confecção, construção civil, olaria, móveis, madeireiras e outras.

Durante o bate-papo, Adriano avaliou a gestão do governador Gladson Cameli durante a pandemia, falou dos incentivos recebidos, dos prejuízos econômicos durante o período de decreto mais rígido e como está atualmente, momento em que, com relaxamento de medidas, a economia volta a ser aquecida.

Inaugurada há pouco mais de 3 meses, a Ponte do Madeira já traz frutos ao Acre, mas ainda não como esperado, segundo Adriano, que comentou também sobre a estrada que ligará Cruzeiro do Sul à Pulcallpa, no Peru, e a necessidade de manutenção da BR-364.

O presidente da Fieac revelou como é sua relação com a bancada federal e disse que esperava mais incentivo à classe. Jose Adriano inclusive, foi candidato ao cargo de deputado federal nas eleições de 2018 – quando obteve 6.858 votos -, falou sobre suas pretensões para 2022: “Minha candidatura mostrou a força que a indústria tem”

Confira a entrevista:

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.