33.3 C
Rio Branco
17 setembro 2021 2:20 pm

São Paulo recebe desabafo de Daniel Alves com surpresa e irritação; crise deixa futuro incerto

Entenda o que está por trás das críticas do jogador ao clube após ouro olímpico

POR GE

Última atualização em 08/08/2021 17:24

As contundentes críticas de Daniel Alves ao São Paulo no último sábado, logo após o jogador conquistar a medalha de ouro nos Jogos de Tóquio, causaram irritação entre dirigentes do clube, pegos de surpresa com o teor das declarações do lateral-direito.

Não havia a percepção de que Daniel Alves pudesse externar o descontentamento daquela maneira.

– A única coisa que eu quis foi realizar meu sonho de jogar no São Paulo. Quando a torcida foi me receber, e sou muito grato a tudo isso, a única coisa que falei é que nós, juntos, íamos tirar o São Paulo da fila, e nós, dentro do São Paulo, conseguimos tirar o São Paulo da fila. Assim como eu respeito o São Paulo, peço que o São Paulo me respeite, porque tudo que eu faço pelo São Paulo não está ao alcance do que o São Paulo faz por mim – disse ele.

A irritação de Daniel Alves tem origem justamente em sua participação nas Olimpíadas. Torcedores demonstraram insatisfação com a escolha do jogador em aceitar a convocação para um torneio em que não há obrigação de o clube liberá-lo.

Daniel Alves se apresentou à Seleção em 8 de julho. Nesse período em que foi desfalque de Hernán Crespo, o São Paulo disputou as oitavas de final da Libertadores e da Copa do Brasil (classificou-se em ambas) e não conseguiu se afastar da zona de rebaixamento do Brasileiro.

Quando da convocação, o São Paulo não se opôs à ida de Daniel Alves ao Japão – o Flamengo, por exemplo, brigou e conseguiu segurar Pedro no Brasil. Na época, o clube inclusive publicou declarações do lateral-direito sobre o sonho de vencer uma Olimpíada e o desejo de defender a Seleção – uma tentativa de aplacar a ira das redes sociais.

Daniel Alves, porém, ao reclamar neste sábado, mirou o bolso. Ao citar as “pendências” que o São Paulo mantém com ele, refere-se aos milhões que o clube lhe deve em salário. O balanço financeiro tricolor expõe R$ 9,3 milhões (em dezembro de 2020), mas dirigentes já admitiram que o valor pode alcançar R$ 11 milhões.

No São Paulo, a leitura é de que a dívida motivou as críticas – não há outros atritos entre o clube e o jogador. A surpresa pelas declarações se dá porque os dirigentes entendiam que essa insatisfação estava sob certo controle, já que mantiveram conversas ao longo do primeiro semestre em busca de uma solução – e, segundo cartolas, Daniel não expôs, nessas reuniões, irritação como a que sugeriu ao ser entrevistado no Japão.

Após a publicação das críticas de Daniel Alves, o São Paulo se manifestou em mensagem enviada ao ge. Nela, parabeniza o jogador pela conquista, evita respostas diretas a ele, mas dá dicas sobre o humor da diretoria depois das reclamações.

A manifestação começa com a afirmação de que o clube “está focado nas disputas do Brasileiro, da Libertadores e da Copa do Brasil”, torneios em que Daniel Alves foi desfalque em momentos importantes.

Depois, destaca os esforços do clube em recuperar o lateral da lesão, sofrida na reta final do Paulista, que o tirou da decisão do estadual, contra o Palmeiras – como se sabe, ele voltou a tempo de se juntar à delegação que viajou ao Japão e conquistou o bicampeonato olímpico.

– A diretoria do São Paulo Futebol Clube está focada nas disputas do Brasileiro, da Libertadores e da Copa do Brasil, mas não pode deixar de parabenizar a equipe brasileira que ganhou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Felicitamos, também, o lateral-direito Daniel Alves, nosso representante, que contou com todos os esforços do clube para se recuperar de lesão após desfalcar o time na final do Paulistão e conseguiu defender a Seleção com excelência. Seguimos com as atenções voltadas para a partida deste sábado, contra o Athletico-PR, e também para os duelos com o Palmeiras pela Copa Conmebol Libertadores, competição em que buscamos nosso quarto título – diz a resposta enviada pelo clube à reportagem.

Leia mais em em Ge, clicando AQUI.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.