32.3 C
Rio Branco
25 novembro 2021 2:48 pm

‘Continuo no partido e nunca disse que sairia’, diz Roberto Duarte após ‘carta de liberação’ do MDB

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

Última atualização em 25/11/2021 14:48

“Pra mim, foi uma surpresa. Nunca disse que sairia do partido”. Foi assim que o deputado Roberto Duarte recebeu, nesta quinta-feira (25), uma carta do MDB informando sua liberação do partido. Ao ContilNet, o deputado afirma que não entende o teor do documento e que nunca houve, nesse sentido, conversa parecida com a executiva da sigla.

“Eu já cheguei a dizer o seguinte: se o partido não montar chapa competitiva, eu saio. Isso porque não seria viável. Como um político permaneceria em um partido que não oferece perspectivas em termos eleitorais? Eu recebi essa carta, mas não entendi o teor”, afirma Roberto.

O deputado comenta que nunca conversou diretamente com o presidente regional da sigla, deputado federal Flaviano Melo. No entanto, semanas atrás, membros da executiva o procuraram para sondar sua permanência na sigla. “Nunca tive diálogo com o presidente. Membros da executiva me procuraram e eu disse: estou no partido e não vou sair. ‘Ah, mas você disse que vai sair’, eles disseram. Eu saio se não tiver chapa competitiva montada. Como um político fica (sic) num partido que não pode concorrer? Foi isso que eu disse, nada além. Recebo com surpresa a carta de liberação e afirmo que não vou sair”, dispara.

Sobre a tratativa tomada pela sigla envolvendo seu nome, Roberto afirma que, nesse momento, não existe providência a ser tomada, mas que espera conversar com o partido para entender o teor da decisão. “Não existe providência a ser tomada. Se eu quiser sair, o MDB não precisa nem me liberar. Quem toma a decisão sou eu”.

Sobre a afirmação de o partido acha que Duarte deva procurar “espaços que melhor o representem”, Duarte afirma: “Falo em montar chapa há 1 ano e meio. Se isso é não ter a mesma visão do partido, então realmente não tenho”. “O partido não tem feito o dever de casa. Tem deputados estaduais, federais, vereadores, cargos no governo, mas não trabalha para as Eleições 2022. Agora, o que não pode é colocar a culpa no Roberto Duarte. Sou apenas o líder da bancada”, completa.

Eleições

Duarte lembrou que, nas eleições que o consagraram como vereador, o partido contou com 7 nomes – e apenas Duarte eleito. “Nas eleições que entrei como candidato a prefeito, montei uma chapa completa: tivemos 27 candidatos e dois eleitos”.

Para a próxima corrida eleitoral, em 2022, Duarte afirma: sua pré-candidatura continua de pé. “Nunca fui convidado pelo partido a discutir minha candidatura a federal, mas ela continua posta e continuo trabalhando em torno disso”.

Entenda

Após reunião realizada nesta quinta-feira (25), a executiva estadual do MDB acreano informou, em nota, que liberou o deputado estadual Roberto Duarte ‘para seguir novo caminhos’.

Em nota, o partido afirma, ainda, que a executiva teve o cuidado de citar a importância da trajetória do parlamentar no partido, mas entende que devido a insatisfação de Duarte, “talvez seja melhor que o deputado encontre espaços que melhor o representem”.

Na reunião, o partido ainda deliberou articulação das chapas de candidatos proporcionais para 2022.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.