31.3 C
Rio Branco
29 novembro 2021 7:04 pm

Homem acusado de decapitar 5 cães é preso com armas de uso restrito

Flagrante ocorreu em Curitiba (PR). Na fazenda do acusado, em Formosa (GO), foram encontradas mais outras 5 armas

POR METRÓPOLES

Última atualização em 17/11/2021 15:18

Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) e do Estado do Paraná (PCPR) cumpriram, na manhã desta quarta-feira (17/11), mandados de busca e apreensão nas residências do suspeito de decapitar cinco cachorros em Formosa (GO) no mês de março. Flagrado com armas de uso restrito em Curitiba (PR), o homem foi preso em flagrante.

o todo, os agentes apreenderam sete armas de fogo e centenas de munições encontradas na fazenda dele no Entorno do DF e na capital do estado sulista. Um celular também foi apreendido.

Na propriedade rural, o casal de caseiros também foi conduzido à delegacia para prestar declarações a respeito das armas localizadas e apreendidas, mas foram liberados.

Segundo a PCGO, a apuração desses novos fatos será encaminhada à Justiça e a “tramitação ocorrerá em conjunto com o crime de maus-tratos a cachorros com resultado morte e furto para possível responsabilização penal do suspeito”.

Homem foi indiciado na última semana

A Polícia Civil do Estado de Goiás concluiu, no último dia 9, o inquérito policial. Um advogado de 30 anos é apontado como autor do crime e será indiciado por maus-tratos a animais com resultado morte e furto qualificado.

Segundo o delegado Paulo Henrique Ferreira Santos, responsável pelo caso, o investigado teria subtraído os animais de uma propriedade rural pertencente ao pai, falecido dias antes.

O ato seria uma forma de ameaçar a madrasta a respeito das tratativas das questões patrimoniais relacionadas aos bens deixados pelo pai. “Ele começou a pressionar a esposa do pai para que resolvesse essas questões logo”, contou o investigador.

Conforme relatou o delegado, o investigado foi apontado como autor do crime logo após o ocorrido, mas negava ter decapitado os animais. Durante a investigação, o suspeito, que mora em Curitiba, chegou a ser ouvido informalmente em Formosa. “Recentemente, porém, áudios começaram a circular na cidade, nos quais o investigado confirma que matou os animais”, explicou o delegado.

cenas fortes

Crime
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Cachorro
Reprodução
Cachorro
Reprodução

No curso das investigações, também consta a ocorrência de furto na casa da madrasta do investigado. O homem teria entrado no imóvel e tomado para si alguns bens, que, na concepção dele, pertenceriam ao falecido pai.

Segundo o delegado Paulo Henrique, à época, o homem alegou que entrou no imóvel para resgatar bens do pai dos quais a mulher teria tomado posse. “Ele chegou a registrar ocorrência de furto contra a madrasta para justificar a entrada na casa dela”, contou.

 

Na ocasião do crime contra os animais, o homem foi até a fazenda de propriedade do falecido, local que ainda abrigava pertences da viúva, recolheu uma cadela e os quatro filhotes, os quais eram muito estimados pela mulher, cortou as cabeças e deixou na porta da casa da vítima, na cidade.

No curso do processo, vítima e suspeito fizeram um acordo extrajudicial para partilha dos bens, no qual constava a desistência de ações penais. “O crime de maus-tratos e o de furto, porém, não dependem de representação da vítima”, explicou o delegado Paulo Henrique.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!