29 de maio de 2024

Acre será uma das prioridades do Ibama no combate ao desmatamento em 2022

O Acre está incluso nas prioridades do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para o ano de 2022. Isto quem diz é a publicação que saiu no Diário Oficial da União (DOU) na última sexta-feira (18), mais precisamente em um relatório chamado “Planejamento das Ações de Proteção Ambiental do Ibama para 2022”, que prevê iniciativas voltadas ao combate ao desmatamento.

Segundo a publicação, o Ibama contratará pelo menos 1,7 mil brigadistas para atuar na região da Amazônia Legal, que compreende o estado. Além do Acre, a decisão abrange também os estados de Rondônia, Amazonas, Roraima, Pará, Amapá, Tocantins, Mato Grosso e Maranhão.

Pelo menos R$50 milhões serão investidos neste planejamento. As principais despesas, segundo a publicação, serão nas contratações e treinamentos dos brigadistas, bem como para compra de veículos e helicópteros para o “Programa de Brigadas Federais”. No montante, serão inclusos também a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os contratados.

DESMATAMENTO NO ACRE

De acordo com uma nota técnica lançada pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam) no início de fevereiro, o Acre foi o segundo estado que mais perdeu floresta, de forma proporcional, em 2021, com aumento de 104%.

A nota, que se baseou em dados emitidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) no triênio 2019-2021, que é o intervalo analisado pelo Ipam, o Acre concentrou 7% do desmatamento no bioma amazônico, sendo o que mais perdeu área de floresta em termos proporcionais ao território.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost