26.3 C
Rio Branco
26 junho 2022 12:56 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Conversa em Brasília abre possibilidade para irmãos Rocha e ‘inimigo agora é outro’

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

Última atualização em 15/03/2022 11:40

Fonte não tem nome, mas a informação eu passo. Uma serelepe deputada Mara Rocha gostou do que ouviu em uma reunião com a executiva nacional do Patriotas, de portas fechadas na quarta-feira (9). Se a deputada pegar o avião de Brasília com destino ao Acre – provavelmente na sexta-feira (11) – com mesma empolgação, vai aterrissar direto no gabinete de Josemir Anute, presidente regional da sigla, e fechar um acordo para fazer parte de sua chapa.

Informações que chegam da capital do Brasil dão conta de que, por lá, Mara colocou o pé na mesa. Deixou claro que, de algum tempo para cá, quer mesmo é disputar o Senado da República. Disse que nunca conversou com o PRTB. E disse, também, que está disposta, junto a seu grupo, tornar do Patriotas uma legenda protagonista nessas eleições. Empolgou a galera.

Algo me diz que, se entrar, Mara vai fazer barulho. Entendam como quiser. Peças como Mazinho Serafim – que tem interesse, sim, em outros partidos e procurou o Patriotas – só entrariam se passassem por um aval dos irmãos Rocha e seu grupo.

A deputada não entraria no partido para chamar de seu. Mas quer ser peça importante lá dentro.

MDB

Atualização de última hora dá conta de uma investida do MDB para ter os irmãos Rocha. Revelei tudo, inclusive o motivo do descontentamento de Flaviano, em uma edição especial da coluna. Você pode ter acesso CLICANDO AQUI.

MDB²

Com o MDB no páreo, a vida do Patriotas fica mais complicada. Flaviano tem sangue no olho e vontade de projetar Mara, pelos motivos que revelei na edição especial, link na nota acima. Vamos acompanhar os desdobramentos. VEJA AQUI.

Mazinho Serafim

Informações que chegam de Brasília é que Mazinho Serafim está por lá procurando teto, se é que me entendem. Ele conversou com o presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, colocou uma ‘proposta’ em sua mesa e fontes me disseram que Baleia pediu até a próxima terça-feira (15) para uma resposta. Acredito que deva sondar lideranças regionais antes.

Não é assim

Alguém precisa explicar para o prefeito de Sena Madureira como as coisas funcionam dentro do MDB. Desde quando o mundo é mundo, o MDB tem diversos caciques e ninguém mexe no terreno de ninguém. Isso vale para todo o país: se você quiser tratar com o MDB em determinada localidade, você procura fulano. Em outra, vá falar com o Beltrano.

Não é assim²

No Acre também tem dessas. Ou alguém já viu Flaviano Melo mexendo os pauzinhos pelas bandas do Juruá, onde quem manda é o leão Vagner Sales? Mazinho foi na nacional sem cacique nenhum e ainda querendo cachimbo.

Marcio Bittar

Lideranças do Juruá decidiram se reunir, convocaram uma verdadeira festa e levaram o senador Marcio Bittar (UB-AC) lá, para agradecer aos mais de R$ 70 milhões empenhados ali. O senador está no seu melhor momento.

Pedro Longo

Com bastante convite à mesa, o deputado Pedro Longo, líder do Governo na Aleac, tem até o final do mês para decidir por qual legenda deve brigar pelo seu segundo mandato. A única certeza é que escolherá um partido que faz base ao governo Gladson. Conversas mais avançadas já tem.

União Brasil

O União Brasil pensa em um nome para disputar a Presidência da República. Depois da jogada, deve conversar com MDB e PSDB para formar um bloco. Federação entre esses três já está fora de cogitação.

União Brasil²

Com o porte que tem, fico imaginando se a sigla recebe Gladson Cameli e vai para a disputa ao Governo. Não é impossível.

Israel Milani

Depois de ter sido surpreendido com a notícia de que pode perder o comando do PROS para Roberto da Princesinha, parece que Israel Milani ligou para ninguém menos que Marcio Bittar. De duas, uma: ou falou sobre política ou pediu dicas de decoração para o casamento.

Marina Silva

‘Pessoas com fé não podem ser vistas como risco à civilização’ diz Marina Silva em entrevista à BBC. Ela foi duramente criticada pelo PT por ser evangélica em campanhas onde concorreu à República. Ela diz que sempre houve estranhamento da esquerda com a base evangélica, mas ‘que já é possível notar um aprendizado nesta relação’.

Aprendizado

E deve ter aprendido bem. Principal público de Bolsonaro, a bancada evangélica deve ser galanteada pelo partido que quer voltar ao poder. Já anunciou dezenas de núcleos evangélicos e o Acre está entre os estados que implantam. Aqui, Henry Nogueira é o líder do movimento.

Aprendizado²

Vai ser, no mínimo, interessante ver o partido que criticou Marina em 2014 bebendo da mesma água que a ex-ministra bebeu. Isso que é aprendizado. É, PT. Quem te viu, quem te vê.

Lourival Marques

Ex-deputado Lourival Marques anunciou desfiliação do PT e chocou zero pessoas. Deve buscar em outro partido a base para sua briga à reeleição. Já ouvi dizer que um partido negocia com o ex-petista. Melhor eu não atrapalhar as negociações, né?

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.