20.3 C
Rio Branco
29 junho 2022 3:58 am

Alan Araújo: “Quando ocorreu o acidente, achei que seria testemunha e não réu”

"E hoje estou aqui respondendo por algo que não fiz", diz acusado, que sentou no banco dos réus nesta quarta

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 18/05/2022 15:55

Alan Araújo disse que ao presenciar a colisão entre a BMW dirigida pelo Ícaro e a moto de Jonhliane, que resultou na morte da jovem, acreditava que seria uma testemunha para a justiça e não réu e por isso não se apresentou à polícia.

“Eu achei que seria uma testemunha e fiquei aguardando ser intimado, depois que eu vi as repercussões, eu sou uma pessoa que costuma responder por tudo que fiz, me apresentei na delegacia para esclarecer. E hoje estou aqui respondendo por algo que não fiz”.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.087 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.