20.3 C
Rio Branco
29 junho 2022 2:34 am

Troféu Brasil: Andreza de Lima e Rebeca Andrade levam ouro em finais

Nas disputas do feminino, Andreza de Lima ficou com o ouro no salto e Rebeca Andrade foi a vencedora nas paralelas assimétricas

POR METRÓPOLES

Última atualização em 21/05/2022 11:45

As cinco primeiras finais do Troféu Brasil de Ginástica Artística aconteceram na manhã deste sábado (21/5) em Porto Alegre. No masculino, Diogo Soares ganhou medalha de ouro no solo, Francisco Barretto ficou em primeiro lugar no cavalo com alças e Gabriel Barbosa foi o campeão nas argolas, que tiveram domínio do Minas Tênis Clube. Nas disputas do feminino, Andreza de Lima ficou com o ouro no salto e Rebeca Andrade foi a vencedora nas paralelas assimétricas.

Valendo medalha no solo masculino, Diogo Soares brilhou e conseguiu nota de 13.733, garantindo o ouro na primeira modalidade do dia. A prata ficou com Patrick Correa (13.367) e o bronze foi do mineiro Gabriel Barbosa (13.233). Fora do pódio, Arthur Zanetti (13.167) ficou em quarto.

A segunda modalidade do masculino foi o cavalo com alças. Simultaneamente, iniciando as disputas no feminino com o salto, que terminou com ouro de Andreza de Lima. A jovem gaúcha conquistou média de 12.833 e ficou com o título. Beatriz dos Santos, com nota de 12.450, ficou com a prata. Gleyce Rodrigues foi bronze, com nota de 12.383.

No cavalo com alças, o medalhista olímpico Arthur Nory ficou com a quarta melhor nota. O ouro foi para o paulista Francisco Barretto, com nota de 13.167. A prata ficou empatada por Diogo Soarez e Caio Souza, ambos tiveram nota de 12.633 e dividiram o mesmo lugar no pódio.

Uma das favoritas, a medalhista olímpica Rebeca Andrade brilhou nas paralelas assimétricas e ganhou o ouro com uma nota muito acima das adversárias, 14.600. Jade Barbosa, medalhista em dois mundiais, garantiu a prata, 12.833. O bronze foi para Carolyne Pedro, 11.833.

Fechando as disputas do dia com as argolas masculinas, tivemos trinca do Minas Tênis Clube no pódio. Gabriel Barbosa garantiu o ouro em uma disputa acirrada com Gustavo Pereira, que ficou com a prata. Gabriel teve nota de 13.567 e Gustavo de 13.467. O bronze da modalidade foi para Caio Souza, com nota de 13.267.

As finais continuam com disputas neste domingo. No feminino, haverá trave e solo, enquanto os homens disputam medalhas em salto, barras paralelas e barra fixa. As competições começam às 10h, também em Porto Alegre.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.087 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.