18.3 C
Rio Branco
2 julho 2022 2:57 am

Hospitais no AC voltam a lotar com surto de SRAG e Sesacre faz alerta a pais de crianças

Idosos e crianças são considerados grupos de risco, por terem maior tendência à evolução dessas doenças para a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG)

POR MARIA FERNANDA ARIVAL, PARA CONTILNET

Última atualização em 23/06/2022 11:24

Com a chegada da estiagem característica deste período do ano, entre os meses de julho a setembro, os desconfortos causados pela fumaça, baixa umidade do ar e tempo seco podem se tornar problemas de saúde, como síndromes gripais e doenças do sistema respiratório. 

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, encontra-se em alerta para um possível aumento dos casos de síndromes respiratórias nos próximos meses. Além da fumaça, provocada pelas queimadas, baixa umidade do ar e calor, outros fatores de risco para disseminação de doenças como rinovírus, influenza, parainfluenza, adenovírus, metapneumovírus e sincicial respiratório (VSR).

Segundo o chefe do Departamento de Vigilância em Saúde do Acre, Gabriel Mesquita, a prevenção é a melhor estratégia para combater esses vírus. “É um período em que as pessoas precisam se cuidar, se hidratar. Tomar medidas como, se possível, ter umidificadores de ar dentro de casa, ou até mesmo baldes de água ou toalhas molhadas, tornando o ambiente menos propício à proliferação das síndromes gripais”, explica.

A população em geral está exposta a essas síndromes e doenças, mas idosos e crianças são considerados grupos de risco, por terem maior tendência à evolução dessas doenças para a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Mesquita explica ainda que a população em geral está exposta às doenças do sistema respiratório e síndromes gripais, podendo, além de contrair, ter um agravamento dos efeitos do vírus no organismo. No entanto, idosos e crianças são considerados grupos de risco, por se mostrarem mais suscetíveis à evolução dessas doenças para Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).

Leitos disponíveis

De acordo com a assessoria da Sesacre, com informações do boletim da última quarta-feira (22), no Hospital da Criança, há 11 leitos disponíveis e 37 ocupados. Entre os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na UTI 1 há 07 ocupados e 03 disponíveis. Enquanto na UTI 2, os 10 leitos estão ocupados. 

Segundo informações, no Hospital Urgil, de urgência infantil, não há leitos disponíveis. A reportagem do ContilNet tentou contato com o Hospital mas não obteve resposta.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.100 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.