29.3 C
Rio Branco
17 agosto 2022 8:06 pm

Juju Salimeni lembra da época de Panicat com cachê baixo; sabia o valor

POR YAHOO

Última atualização em 14/07/2022 09:52

A influenciadora e apresentadora Juju Salimeni comentou que não sente saudades da época que trabalhou no “Pânico”. Durante cinco anos, ela foi uma das assistentes de palco do programa.

Em conversa com o videocast PodDelas nesta quarta-feira (13), a influenciadora comentou a época. “Era uma loucura, tanto de coisa nojenta que a gente comia, quanto lugar que a gente se jogava e aventuras ‘de medo’… Hoje não faria mais nada. Hoje eu sou cagona, tenho medo de tudo”, comentou.

Se dizendo traumatizada pelos quadros que gravava, ela lamenta: “Se me botar num escorregador, tenho medo. Tudo que fiz, não consigo repetir a maioria. Não tenho coragem de fazer mais nada”, lembrou.

A criadora de conteúdo fitness também lembrou de quanto ganhava durante sua aparição no programa dominical. “Sempre ganhei mais na internet do que na TV, principalmente no ‘Pânico’, que era um salário simbólico. A gente ganhava R$ 200 por gravação, era pouquíssimo”, revelou.

Juju avalia o período que passou no programa como uma exploração: “Nada que aconteceu naquela fase seria permitido hoje em dia, tanto sobre as conotações das piadas quanto essa questão de trabalho. A gente não tinha contrato, salário, nada. Era largado. Era uma vitrine.”

Para compensar o baixo salário na televisão, ela e outras assistentes de palco do programa faturavam com presenças vip em eventos e publicidade nas redes sociais. “Pegamos uma fase muito boa de eventos. Éramos muito contratadas para fazer presença. Trabalhávamos muito com isso, então realmente ganhava bem”, concluiu.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.