25.3 C
Rio Branco
14 agosto 2022 11:48 pm

Julgamentos de feminicídio no AC aumentam mais de 70% no primeiro semestre de 2022

Em 2022, foram julgados 19 processos criminais relacionados à homicídio

POR MARIA FERNANDA ARIVAL, DO CONTILNET

Última atualização em 12/07/2022 17:28

O número de julgamento de homicídios cometidos contra mulheres em razão da condição de sexo feminino, o feminicídio, aumentou em 72% com relação ao mesmo período de 2021. Segundo o Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), por meio das Varas do Tribunal do Júri, foram julgados 19 processos criminais relacionados à homicídio.

Os dados são do Núcleo de Estatística e Gestão Estratégica, que registrou o aumento dos julgamentos que incluem os delitos nas formas consumada e tentada.

Para o TJAC, os dados apontam o empenho do Poder Judiciário do Estado do Acre em fornecer resposta aos autores de crimes de violência contra a mulher, mesmo com o aumento de casos de feminicídio no Brasil durante a pandemia de Covid-19.

Brasil

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) divulgou números que mostram que o aumento de julgamento de feminicídio pelas Varas do Tribunal do Júri aconteceu em todo país.

Segundo o CNJ, em 2021 foram julgados quase 2 mil casos de feminicídio e de tentativa de homicídio contra as mulheres, o que significa um aumento de 193% com relação a 2020, quando realizaram 638 tribunais de júri no Brasil.

Para saber mais sobre como realizar denúncia, ser atendida pela Justiça, requerer medidas protetivas, contatos e Rede de Proteção, entre outras informações, acesse o site da Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar (COMSIV) do TJAC pelo link: https://www.tjac.jus.br/adm/coordenadoria-da-mulher/.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.