24.3 C
Rio Branco
10 agosto 2022 12:58 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Pimenta no Reino: Petecão pode dar palanque a Ciro Gomes no Acre; entenda

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Isolado

O PDT, sigla de Ciro Gomes, foi o primeiro partido a fazer uma convenção e escolher seu candidato a presidente para o pleito deste ano. No encontro do partido, realizado ontem, a única coisa definida é que Ciro Gomes vai disputar a Presidência pela sigla. Nem o nome do vice e nem aliança partidária foram divulgadas. O partido segue isolado.

Aliança

Apesar de, até o momento ensaiar voo solo, o presidente do PDT, Carlos Luppi, confessou ontem que tem conversado com o PSD e o União Brasil para uma possível composição da chapa eleitoral. O PSD ensaiou lançar o senador Rodrigo Pacheco para a disputa presidencial, mas recuou. Já o União Brasil, tem pré-candidato ao cargo mais alto da República, o deputado federal pernambucano Luciano Bivar, presidente da sigla.

Prazo

Mesmo já tendo realizado sua convenção, o PDT, assim como os demais partidos, tem até o dia 15 agosto, último dia para os partidos requererem o registro de candidatos junto ao TSE, para definir as coligações. Até lá o ponteiro do relógio segue rodando.

Ciro e Petecão

O PSD, que já foi cogitado por Bolsonaro (PL) e Lula (PT) para uma aliança nacional, segue, por enquanto, em sua saga independente. Caso o partido decida embarcar na chapa de Ciro, o desdobramento pode ser bom para o senador e pré-candidato ao Governo, Sérgio Petecão (PSD). É que até agora o senador tem evitado declarar apoio a algum presidenciável e tem fugido da polarização Lula X Bolsonaro. Ganha também Ciro Gomes, que pode finalmente ganhar palanque no Acre, já que até agora não tinha.

União Brasil

Quando o assunto é o União Brasil, Carlos Luppi disse ao portal Congresso em Foco que as negociações também estão avançadas para uma aliança. “Luciano Bivar é um amigo. Eles [União Brasil] pedem que a gente não feche [chapa] agora porque ainda estão em tratativas. É delicado, mas vai acontecer muita coisa ainda nos próximos dias”, disse.

Banana

O ex-presidente Lula (PT), que chegou ontem a Pernambuco, seu estado natal, para uma série de agendas, afirmou em um evento público no interior do estado que a população carente deveria usar o Auxílio Brasil para comprar comida, mas que nas eleições devem dar “uma banana” para o presidente Jair Bolsonaro (PL).

Sete

Por falar em Lula, essa será a sétima vez que o petista disputará a Presidência da República. Nenhum outro político brasileiro concorreu tantas vezes ao Palácio do Planalto. Das seis disputas que fez até aqui, levou duas: 2002 e 2006.

Freixo e Molon

O PSB carioca realizou ontem sua convenção estadual e escolheu o deputado federal Marcelo Freixo para governador do Estado e o também deputado e presidente do partido no Rio, Alessandro Molon, para o Senado. A escolha põe fim a um impasse interno do PSB no estado. É que Freixo defendia uma dobradinha com o candidato do PT ao Senado, André Ceciliano. No entanto, mesmo com a oficialização do nome de Molon ao Senado pelo PSB, o PT deve manter a candidatura de Ceciliano. Freixo deverá ter dois candidatos na sua chapa.

Firme e forte

A deputada federal e pré-candidata ao Senado, Jéssica Sales (MDB), disse à reportagem do ContilNet nesta quinta (21) que continua firme e forte na disputa pela vaga de senadora. “Eu sou pré-candidata, nunca disse que não seria e tenho muita fé em Deus que continuarei não sentindo nada e se Deus quiser, dia 13 de agosto estarei aí no Acre para disputar de forma igual. O martelo foi batido e a ponta do prego virada”, disse a emedebista.

Republicanos

Começou a circular nesta semana um burburinho sobre um possível racha no Republicanos do Acre. O boato dava conta de uma possível tomada do comando do partido pela deputada federal Antônia Sales. Para desfazer o mal entendido, a deputada emitiu uma nota desmentindo a especulação. “Desminto qualquer notícia de que eu estaria articulando, em Brasília, retirar o Partido Republicanos de seus legítimos representantes aqui no Estado do Acre”, diz trecho da nota.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.