21 de fevereiro de 2024

Amigos se despedem de Zezinho Ribeiro e relembram trajetória do empresário: ‘Inesquecível’

A empresária e jornalista Wania Pinheiro disse que Zezinho Ribeiro é um amigo inesquecível

O falecimento do empresário José Ribeiro Nunes, 75 anos, conhecido como Zezinho Ribeiro, comoveu grande parte da população de Sena Madureira, sua cidade natal. Ele estava internado em Rio Branco e veio a óbito nesta quarta-feira (29) por causas naturais.

SAIBA MAIS: Morre Zezinho Ribeiro, dono de um dos bares mais tradicionais de Sena Madureira

Zezinho morreu aos 75 anos/Foto: Reprodução

Nas redes sociais, várias mensagens foram publicadas por amigos e familiares homenageando Zezinho Ribeiro, uma das figuras mais queridas do vale do Iaco.

Há vários anos, Zezinho Ribeiro era proprietário de um bar, situado na Rua Siqueira Campos, região central de Sena Madureira. O estabelecimento é um dos mais procurados pelos munícipes, não somente nos finais de semana como também nos dias úteis. “Além do bom atendimento, aqui tem todo tipo de bebidas. É um local tradicional de Sena Madureira”, revelou o autônomo Marcos Felipe, residente no bairro da pista.

O Bar do Zezinho Ribeiro é um dos mais tradicionais de Sena Madureira/Foto: Reprodução

O radialista e empresário Jota Alves, em entrevista cedida ao ContilNet, lamentou profundamente a perda do amigo. Segundo ele, Zezinho Ribeiro deixou um grande exemplo de superação e humildade. “Ele era um cidadão que amava muito Sena Madureira. Trabalhou muito no pesado até conseguir implantar o bar. Era um grande amigo. Ele sabia os momentos ruins que eu estava passando e me procurava para me dar conselhos. me deu muitos conselhos na vida familiar, na vida empresarial e era um homem simples que andava nas ruas de bermuda e não tinha muitas vaidades”, comentou.

“Quando eu estava cantando nas festas, o Zezinho chegava e falava uma frase que eu nunca esqueci: “Preto! Quando você ver clarear no meio da avenida é o Zezinho Ribeiro que chegou. Não perdia um momento de festa, um momento de alegria. Hoje é um dia triste para todos nós”, completou Jota Alves.

O radialista Eduardo Diniz (Idel) também prestou suas condolências aos familiares e amigos. “Zezinho Ribeiro era um menino pobre que venceu na vida. Trabalhou na casa de uma portuguesa, foi magarefe, enfim, batalhou muito, mas conseguiu sustentar dignamente a sua família. Nesse momento de dor profunda, nos solidarizamos com todos os amigos e familiares”, frisou.

“Por mais dolorosas que sejam as despedidas, elas deixam pelo caminho belas e inesquecíveis histórias! Ainda sem acreditar! Descanse em paz meu amigo querido. Meu limão, meu limoeiro que não ouvirei mais você cantando”, postou em seu facebook a professora Cássia Castro.

A professora Cassia, amiga do empresário, lamentou a morte/Foto: Reprodução

Natural de Sena Madureira, a empresária e jornalista Wania Pinheiro disse que Zezinho Ribeiro é um amigo inesquecível: “Muito triste com a partida do meu amigo Zezinho Ribeiro. Uma perda irreparável para a nossa Sena Madureira. Zezinho era um empreendedor nato. Era proprietário de um bar e distribuidora que leva seu nome, onde a gente pode comprar qualquer tipo de bebida. Lá tem da Caninha 61 ao Royal Salute. Para mim você será inesquecível, meu querido amigo”.

O corpo de Zezinho Ribeiro está sendo transladado de Rio Branco e será velado na capela Esperança, em Sena Madureira.

PUBLICIDADE