18 de junho de 2024

Exclusivo: Jenny Miranda é internada às pressas em São Paulo

A coluna descobriu que a ex-Fazenda deu entrada em um hospital na madrugada de domingo (12/11). Saiba mais detalhes do caso

Jenny Miranda usa jaqueta preta e o chapéu de fazendeira - Metrópoles

Reprodução

Esta coluna descobriu que Jenny Miranda foi internada às pressas em um hospital de São Paulo, na madrugada do último domingo (12/11). Segundo fontes, a ex-Fazenda deu entrada na unidade inconsciente, acompanhada do marido Fábio Gotijo.

Ainda de acordo com fontes, aos médicos, Fábio teria dito que Jenny tomou uma bebida “batizada”, mas depois teria mudado a versão. Os amiguinhos da coluna informaram que a mãe de Bia Miranda teria chegado a ser entubada e médicos desconfiavam de um possível coma alcoólico.

Fontes contaram, ainda, que o marido de Jenny Miranda estava com arranhões nos braços e peito, o que poderia indicar uma briga entre o casal.

coluna procurou a assessoria de imprensa de Fábio Gontijo, que confirmou a internação de Jenny. Segundo ele, no entanto, a influenciadora digital teve um choque anafilático após comer um camarão, mas passa bem. Ainda de acordo com a assessoria, a ex-Fazenda é alérgica ao fruto do mar.

Fábio Gontijo também falou com a coluna. O médico explicou que Jenny começou a passar mal no sábado à noite e a sentir falta de ar. A ex-Fazenda teria tido uma parada respiratória, sendo reanimada por ele durante 90 minutos.

“Agora está bem. Sábado a noite ela começou a vomitar muito e começou com um pouco de falta de ar. Pensamos que era alergia de camarão, mas o quadro foi piorando, ela desmaiou, teve uma parada respiratória no quarto. Eu fiquei fazendo todo protocolo de reanimação nela por 90 minutos até chegar a ambulância. Como eu sou médico e fui professor de ACLS (suporte avançado de vida em cardiologia) consegui dar toda assistência para ela, caso contrário ela teria falecido”, contou ele.

Segundo Fábio, a suspeita é de que Jenny tenha sido envenenada. “Depois desse susto, foi levada ao hospital e atendida pelo centro de emergência. Foi atendida e liberada no dia seguinte. Devido a evolução do quadro e outros sintomas associados, levantamos a suspeita de envenenamento. Este processo segue em investigação”, declarou.

Sobre os arranhões, Fábio Gontijo contou que ele e a esposa foram atacados por haters antes de Jenny passar mal. “No sábado à tarde foi atacada fisicamente por uma hater que fez ameaças a nós dois. Nosso advogado está cuidando de tudo, eu estou me dedicando 100% a ela”, disse ele.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost