27 de maio de 2024

Horóscopo do dia: previsão do seu signo para este domingo (31)

O ser humano experimenta todos os tipos de sensações e emoções

O fim de semana prolongado tem gosto de virada! Aqui, seguindo o calendário gregoriano, a gente muda um número na folhinha. Em outras culturas, nem sempre é assim. Para os chineses e os judeus, por exemplo, o ano-novo é outro dia, com outra festa. E o mesmo acontece entre diferentes povos indígenas e até com culturas já extintas, como os maias, egípcios e tantas outras.

Imagem: Reprodução da internet

Já parou para pensar por que medimos o tempo? Você pode dizer: é porque precisamos nos planejar e nos organizar. Sim, isso é verdade. Mas tem uma coisa que vem antes disso: todas as nossas experiências de vida estão atreladas a uma memória do passado, uma experiência do presente, que passa com o estalar dos dedos, e uma perspectiva sobre o futuro. É nesse fluxo, que tem só uma direção, o futuro, que o ser humano experimenta todos os tipos de sensações e emoções.

Amor, dor, alegria, sofrimento, culpa, êxtase, medo….Tudo, absolutamente tudo, acontece no tempo e no espaço. E o nosso espaço no cosmos, por enquanto, é só a Terra mesmo. Esse planetinha rochoso, que é pequenino, mas está cheio de vida. Mas o tempo, esse velho amigo – às vezes, inimigo – só passa. E é para frente que a gente tem que andar. E com o tempo também passam os momentos bons e ruins (ufa!). Pois não há bem que seja eterno e nem mal que não termine nunca.

Na mitologia grega, o tempo era filho de Gaia, a deusa primordial da Terra. Ela é tão poderosa que gerou sozinha Urano, o céu, para que, então, pudesse casar-se com ele. Dessa união, nasceram os 12 titãs e, entre eles, estava o caçula Cronos. O filho mais novo era também o mais terrível, que se consolida como o senhor dos ciclos de tempo, conhecido por devorar seus filhos.

Dos mitos da Antiguidade ao mundo pós-moderno, hoje, o tempo segue dando trabalho, inclusive para os cientistas. Do tempo regular estabelecido por Isaac Newton, o pai da Lei da Gravitação Universal, à curvatura do espaço-tempo de Albert Einstein, o senhor da Relatividade Geral, foi um piscar de olhos. Daí para a mecânica quântica, onde o tempo parece ser irreconciliável, dado o princípio de incerteza de Werner Heisenberg, foi um pulo. Entre as teorias científicas, o tempo é a variável mais difícil de explicar pelas leis da física.

E é assim que vamos celebrar mais um fim de ciclo para o início de um novo ano. No sábado, dia 30, o poderoso e inspirador Júpiter muda sua direção aparente no céu, ficando direto na perspectiva do observador terrestre, no concreto signo de Touro. Pouco tempo depois, a Lua Cheia, ainda bastante iluminada, ingressa no sistemático signo de Virgem. Junto ao estratégico Sol capricorniano, esses três astros formarão um harmonioso trígono – um ângulo de 120° – no céu, aspecto astrológico que estará ativo à meia-noite do dia 1º de janeiro de 2024.

Observe: Lua Cheia ficará gradualmente menos iluminada, chegando ao céu mais tarde a cada dia. No dia 31, a rainha da noite ascenderá ao Leste por volta das 22h30, com cerca de 70% do corpo iluminado. Ficando gradualmente mais alta no céu, ela estará visível em meio à Constelação de Leão e na mesma longitude de Thuban, a estrela Alfa da Constelação de Draco. Embora não possa ser vista para observadores localizados no Hemisfério Sul, essa estrela tem um simbolismo muito rico, visto que já foi a Estrela Polar, marcando o Polo Celeste Norte, há alguns milhares de anos. 

Áries: organize-se, ariano. É preciso estar atento à sua dieta, evitando excessos, mesmo nesse período do ano.

Touro: perceba as oportunidades para que você possa expandir horizontes, taurino. O céu pede mais expressão das suas potencialidades.

Gêmeos: dê atenção às pessoas mais próximas, geminiano. É importante cercar-se de quem é realmente importante para você.

Câncer: organize os pensamentos e, assim, seja mais assertivo na sua comunicação, canceriano. O céu pede mais foco e direcionamento, especialmente na sua comunicação.

Leão: tenha foco e saiba estabelecer prioridades, leonino. O momento pede mais inteligência para você ser mais assertivo nas ações.

Virgem: você está bastante sensível, virginiano. O astral incentiva o uso da sua intuição e também o exercício da empatia.

Libra: procure descansar a mente e investir na espiritualidade, libriano. É hora de você também cuidar do seu bem-estar em um nível amplo.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost