20 de abril de 2024

Filho de lutador morto no Rio homenageia o pai: “Gratidão eterna”

O corpo de Diego Braga Alves foi encontrado no Morro do Banco, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Lutador tentava recuperar moto furtada

Imagem colorida motra lutador morto em morro do rio de janeiro ao lado do filho que o homenageou nas redes sociais - Metrópoles

Reprodução / Redes sociais

O filho do lutador Diego Braga Alves, 44 anos, fez postagem nas redes sociais sobre a morte do pai. A polícia encontrou, na noite dessa segunda-feira (15/1), o corpo do atleta, que estava desaparecido depois de subir o Morro do Banco, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, para recuperar uma moto furtada.

“Sem palavras pra descrever o pai e o amigo mais FODA do mundo que eu tive, estará sempre em meu coração e continuarei te honrando até o fim. Gratidão eterna por tudo. Um dia te abraçarei novamente. Cuide de mim como sempre cuidou. Te amo”, escreveu o também lutador Gabriel Braga.

A namorada de Diego, a advogada Julia Araujo, também se pronunciou. Ela postou uma foto em que aparece com o lutador acompanhada da legenda: “Minha vida toda, eu te amo para sempre”.

Diego Braga foi encontrado morto no Morro do Banco, na Zona Oeste do Rio, por equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e da Polícia Militar.

Como mostrou a coluna de Fabia Oliveira, do Metrópoles, a Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu Tauã da Silva, conhecido como 2B, por envolvimento no crime. Aos policiais, ele teria confessado participação no crime e deu detalhes de como tudo aconteceu.

Tauã da Silva contou que Diego foi ao local para “desenrolar a entrega da moto” e que “quando pegaram o telefone dele viram que tinha contatos de milicianos de Rio das Pedras e da Muzema”. Ainda segundo o criminoso, “o lutador tentou correr, mas foi pego e morto”.

Diego Braga começou a carreira profissional no MMA, em 2003, e enfrentou grandes nomes da modalidade, como Miltinho Vieira e Adriano Martins. Ele também lutou muay thai.

O atleta treinou com grandes nomes do esporte no país, como o ex-campeão de peso médio do UFC Anderson Silva, e os irmãos Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro. A última luta profissional dele ocorreu em 2019.

Diego Braga era dono da academia Tropa Thai.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost