29 de maio de 2024

Fundação Elias Mansour certifica contemplados em editais da Lei Paulo Gustavo

Os 317 projetos aprovados nestes dois segmentos somam R$ 18,9 milhões

Em reconhecimento ao trabalho dos fazedores de cultura, o governo do Acre, por meio da Fundação de Cultura Elias Mansour (FEM), fez a entrega dos certificados dos contemplados nos editais de Audiovisual, Mestres da Cultura e Arte e Patrimônio da Lei Paulo Gustavo (LPG), no auditório do Museu dos Povos Acreanos.

Os 317 projetos aprovados nestes dois segmentos somam R$ 18,9 milhões e 70% deles já receberam os recursos referentes aos projetos que devem movimentar o cenário cultural em todo o estado. Os mais de R$ 22 milhões investidos pela LPG configuram-se no maior investimento da história do setor cultural do Acre.

Fotos: Lucas Dutra/FEM

Para o presidente da FEM, Minoru Kinpara, o momento é de celebração e de reconhecimento à luta dos fazedores de cultura de todo país, que “arregaçaram as mangas” e conseguiram aprovar a LPG. “Agora todos estão colhendo os frutos dessa luta e conseguindo superar os desafios com muito diálogo e respeito aos fazedores de cultura. Nada disso seria possível sem o empenho da nossa equipe da FEM”, destaca Kinpara.

Camila Costa, do Ministério da Cultura (MinC), agradeceu o apoio do governo do Acre, por meio da FEM, pela dedicação e seriedade nos trâmites dos editais: “É muito bom ver que no Acre houve a preocupação e o respeito pelas ações afirmativas, contemplando povos originários e mulheres negras. Ficamos muito felizes no sucesso dessa parceria com a FEM”.

Foto: Márcio Garcia/FEM

Daniel Lopes, que representou a presidente do Conselho Estadual de Cultura (Concultura), Flávia Burlamaqui, destacou a importância do edital destinado aos mestres da cultura popular: “Antes esse segmento era invisibilizado e agora recebe toda essa deferência. Quem ganha com isso é a sociedade, que amplia sua visão de mundo por meio da arte e da cultura”.

A atriz Marília Bonfim, após uma contação de história na abertura do evento, falou sobre a coragem e a ousadia do artista Paulo Gustavo, que teve uma vida breve, mas muito rica em arte e cultura: “É a força desse artista que alimenta o trabalho de cada um de nós”.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost