26 de maio de 2024

Relembre: Gracyanne teria sido pivô da separação de Belo e Viviane

O cantor assumiu o romance com a musa fitness, logo após terminar com a rainha de bateria de Salgueiro, acendendo rumores de traição

Belo e Gracyanne Barbosa viraram o assunto desta quinta-feira (18/4), depois da musa fitness assumir ter traído o cantor com o personal Gilson de Oliveira, com quem treinava meses atrás. Porém, um outro personagem passou a ser citados nas redes sociais por causa da separação do casal: Viviane Araújo.

Para quem não lembra, a rainha de bateria do Salgueiro viveu um relacionamento com o pagodeiro, entre 1998 e 2007. A campeã de A Fazenda passou por momentos de tensão ao lado do amado, quando ele fugiu da polícia e se escondeu num quarto com paredes falsas, para não ser preso.

Reprodução

Na época, Viviane deu total apoio a Belo, ficando reclusa junto dele. O caso aconteceu em 2002, depois do artista ser acusado de associação ao tráfico de drogas e ser condenado a 8 anos.

Belo ficou preso na Polinter, no Rio, dividindo uma cela com mais 30 detentos. Em 2007, ganhou liberdade condicional, depois de cumprir uma parte da pena em regime semiaberto e pouco tempo depois deu fim à relação com Viviane.

Belo conheceu Gracyanne ainda na cadeia. A educadora física ia visitar o companheiro e segundo especulações, a ex-dançarina do Tchakabum também se encontrava com o músico às escondidas. Ela nega.

“Não fui pivô. Tinha muito mais gente nessa história e nenhum dos dois foi santo. A pivô foi uma outra menina. Ele [Belo] já estava com ela, assim como a Viviane já estava com outra pessoa, e só depois eles terminaram”, se defendeu.

No entanto, a rainha de bateria do Salgueiro, a culpou pelo fim do namoro: “Ela torce muito por mim porque eu não fiz nada contra ela. Quem fez foi ela, não fui eu. Sabe aquele ditado ‘quem bate, esquece. Quem apanha, não’?”.

Em 2019, Belo elogiou a ex. “Sou muito grato por tudo que ela passou, tudo que a Viviane fez na minha vida. Foi um momento tão importante, ela foi tão parceira, tão amiga, sempre esteve ao meu lado em todos os momentos que passei naquela transição de prisão, liberto e tudo mais”, disse Belo em conversa com Pedro Bial.

E completou: “Nunca tive oportunidade de fazer esse agradecimento. Nossa vida segue de formas diferentes, mas ficou um capítulo lá atrás, e sou muito grato. Tenho um respeito e um carinho muito grande”.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost