13 de junho de 2024

VÍDEO: Mãe em pânico encontra filho esquecido em ônibus escolar

A mãe do menino, visivelmente abalada, afirmou que irá abrir um processo contra os responsáveis

Na noite desta quinta-feira, uma criança de apenas 6 anos foi encontrada dentro de um ônibus escolar após ter sido deixada inadvertidamente por aproximadamente cinco horas, no município de Tijucas. A mãe da criança, após retornar do trabalho, descobriu a situação no estacionamento municipal, onde o veículo estava estacionado.

O menino foi resgatado pelos pais por volta das 23 horas. De acordo com relatos da mãe, a criança estava faminta, tendo passado horas sem alimentação desde seu último almoço na escola, por volta das 15 horas. Ele permaneceu dentro do ônibus até que seus pais chegassem à garagem.

Criança permaneceu dentro do ônibus até chegada dos pais/Foto: Reprodução

A mãe, visivelmente abalada, expressou sua intenção de buscar responsabilidades legais pelo ocorrido. De acordo com a mãe da criança, muitas vezes o menino cochila no trajeto para casa da avó por acordar muito cedo.

Segundo relatos, a mãe ficou surpresa ao perceber que o filho não estava em casa, já que ele normalmente desembarca perto da residência da avó. No entanto, ao verificar, percebeu que a estrada estava bloqueada, tornando improvável que ele tivesse chegado lá sozinho.

A angústia da mãe se intensificou à medida que ela e o marido começaram a procurar pelo filho desaparecido. Em busca de pistas, o casal solicitou acesso às câmeras de segurança de uma conhecida. Porém, o filho não foi filmado descendo do transporte. O casal chegou a ir até à escola durante a noite na esperança de encontrar alguma informação útil. A mãe entrou em contato com o motorista de ônibus que relatou a descida do menino no mesmo local que estava acostumado a descer.

Os pais ao irem até a garagem do ônibus, encontraram a criança chorando, com fome e assustada. A porta do transporte escolar estava aberta.

A mãe expressou sua indignação com os procedimentos de segurança no ônibus escolar, questionando a eficácia da monitora presente e a necessidade de revisões mais rigorosas antes da partida.

A secretária de educação foi procurada para explicar o ocorrido, no entanto, até o momento, não houve resposta.

Veja o vídeo:

play-sharp-fill
PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost