17 de junho de 2024

Prints! Ex-babá detona Karoline Lima: “Não sabe o que é ser mãe”

A coluna teve acesso, com exclusividade, a uma conversa de uma antiga cuidadora de Cecília com a empregada da casa de Éder Militão; veja!

A nova briga envolvendo Éder Militão e Karoline Lima segue dando o que falar. Após a coluna Fábia Oliveira revelar detalhes exclusivos do processo movido pelo jogador contra a ex e mãe de sua filha, agora descobrimos prints de conversas de uma antiga babá de Cecília, de um ano de idade, com uma empregada que trabalha na casa do zagueiro do Real Madrid.

Em conversas obtidas pela coluna com exclusividade, a babá, que foi contratada quando Cecília tinha cinco dias de vida, critica a postura de Karoline. Ela trabalhou cuidando da pequena por três meses. Na época, o ex-casal já vinha trocando farpas públicas.

Foto: Instagram/Reprodução

 

“E que vergonha. Éder faz tudo pela Cecília. Na verdade, eu acho que é ela que não sabe o que é ser uma mãe”, diz a empregada da casa de Militão em um dos prints. A antiga babá concorda: “Eu tenho a mesma opinião que a sua, não sabe o que é ser mãe e Éder faz tudo pela Cecília. Ela fica fazendo fotos.. mas não sabe nem preparar uma mamadeira”.

Em seguida, a funcionária completa: “Isso me dá raiva, de pegar a Cecília só para fazer fotos”, diz. “Sim, não sabe nem como pegá-la. A mim também me deixa irritada, a pega para fazer vídeos e dizer que é quem mais ama e no outro dia disse que ficou grávida do Éder e que não queria, etc”, responde a babá.

Na continuidade da conversa, a ex-cuidadora de Cecília revela uma ligação feita pela mãe de Karoline e volta a criticar a postura da influenciadora digital.

“Quando começa a falar mal do Éder ou a falar coisas que não são verdade ou que não gosto, eu vou embora. Porque, sinceramente, aprecio e gosto mil vezes mais do Éder do que da Karol”, diz ela. “Eu igual. Éder pra mim é como se fosse meu filho”, concorda a empregada.

“Me ligou um dia a mãe da Karol e me disse que cuidasse muito da Karol porque ela estava deprimida e precisava de carinho. Mas quando sai da festa às 7h da manhã, quando ela ia na discoteca e quando fica bêbada, não está deprimida”, continua a babá.

E acrescenta: “A mim me parece um pouco cara de pau. Só quer que o Éder pague tudo. Porque sempre fala de dinheiro e que o Éder não a paga o suficiente. Que ela teve que gastar dinheiro para comprar roupa para a Cecília, etc… Pois como mãe terá que comprar roupa a sua filha”.

Em outro momento, a babá volta a dizer que gosta muito de Éder Militão e oferece ajuda a empregada, caso necessário.

“Pois se necessitar de ajuda me diga, porque eu gosto muito do Éder e ele é muito boa pessoa”, fala ela. A empregada agradece: “Muitíssimo obrigada”. A antiga babá de Cecília, então, completa: “Como se eu tiver que ir para a casa do Éder para cuidar da Cecília todos os dias, não me importa. Mas quando vou à casa de Karol, acho muita coragem que ela vá à festas e chegue bêbada pra cuidar da Cecília”. “Que vergonha”, diz a outra. “A cada vez que ela faz isso, vou preocupada e chateada”, dispara a cuidadora.

Na sequência, a empregada de Éder Militão diz que Cecília chega na casa com cheiro de vômito. “Eu imagino. Todas as vezes que a Cecília chega aqui, chega com um cheiro de vômito. E se fosse por mim, não deixava que voltasse pra Karol, eu ficava com ela”.

A babá justifica: “Porque não a troca, cada noite, quando eu chego tem a fralda super suja, a roupa cheia de restos, etc. Eu não a deixaria voltar”. A funcionária de Militão detona Karoline: “Essa mulher, de verdade, me dá nojo. Não consigo nem escutar a voz dela que já me dá nos nervos”.

“Hahahaha. A coisa é que seguramente quando for trabalhar hoje, me pergunte se estou chateada ou algo… vai ver”, completa a cuidadora. “Se te perguntar algo, diga que a ordem partiu de Éder e nada mais”, encerra a empregada.

Veja os prints da conversa:

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost