Rio Branco, Acre,


Socorro Neri promete terceiro turno de atendimento nas unidades de Saúde

Prefeita e candidata à reeleição participou da rodada de entrevistas do ContilNet

A prefeita de Rio Branco e candidata à reeleição Socorro Neri (PSB) garantiu que, se for reconduzida ao cargo em novembro, vai implantar o terceiro turno de atendimento nas Unidades de Referência da Atenção Primária (Uraps) da cidade.

A promessa foi feita em entrevista exclusiva ao ContilNet na manhã desta quinta-feira (15) como parte da rodada de conversas com os candidatos majoritários na capital. Já participaram Jamyl Asfury (PSC), Roberto Duarte (MDB) e Jarbas Soster (Avante).

PUBLICIDADE

Ainda no quesito saúde, Neri informou que pretende criar uma policlínica no Segundo Distrito e um centro de atenção psicossocial para crianças em adolescentes para fortalecer as políticas públicas de saúde mental desse público.

“Um outro ponto que surgiu com a pandemia e nós identificamos como necessidade de permanecer é o teleatendimento, que tem dado um resultado extraordinário ao fazer uma ponta com as unidades de saúde e os agentes comunitários”, disse a gestora.

Ela rebateu as propostas de adversários de criar a guarda municipal para reforçar a segurança pública. Para a prefeita, esse não é o momento de trazer para o âmbito do município uma responsabilidade que não é dele, por falta de condições orçamentárias.

“O que a gente tem que fazer é dar conta do nível de prevenção. Isso se faz por meio do esporte, do lazer, da cultura e da estimulação de emprego e renda. Quando estivermos caminhando melhor nessas políticas, vamos estar atuando para reduzir a criminalidade”.

Sobre a educação, Neri falou dos avanços que o setor registrou em sua gestão e se colocou à disposição para fazer mais. “Estamos criando condições para a valorização do profissional da educação. Ajustamos a remuneração do estado com a do município e é preciso fazer o mesmo em relação a todas as demais categorias”, disse.

Ela prometeu incorporação o salário mínimo para 11 funções da prefeitura e adquirir notebooks para alunos do 4º e 5º anos, além de professores. Segundo a prefeita, o grande desafio da gestão é ampliar as vagas em creches e equilibrar recursos para isso de forma a não ultrapassar o limite definido pela lei de responsabilidade fiscal para gastos com pessoal, por exemplo.

Confira a íntegra da conversa:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up