25 C
Rio Branco
8 maio, 2021 3:09 pm

Dirigente demite técnico intubado e chama de “idiotas” atletas com Covid-19

Roberto Larrosa, presidente de clube argentino, causou grande polêmica no país

POR IG

Roberto Larrosa, presidente do time argentino Sacachispas – atualmente na segunda divisão -, está envolvido em uma grande polêmica naquele país, após uma decisão que revoltou grande parte das pessoas.

Isso porque, ele demitiu o até então técnico do clube, Eduardo Pizzo, após o treinador ser internado e intubado por causa de uma pneumonia bilateral provocada pela Covid-19.

Em entrevista, o dirigente explicou a decisão em relação ao treinador. “Me doeu tomar essa decisão. Podem dizer que sou uma pessoa má, mas discuti esta situação com a família de Eduardo e eles compreenderam perfeitamente. Vamos contratar uma nova comissão técnica até a recuperação do Pizzo, mas vamos continuar a respeitar o seu salário e o seu contrato”, apontou.

O dirigente ainda completou. “Está muito complicado. Nesse momento, ele (Pizzo) está intubado e sedado. Hoje ele não pode responder, mas quando se recuperar veremos o que ele pode e o que não pode fazer”, disse ele, que revelou que o chefe da AFA, Claudio Tapia, colaborou para que o técnico conseguisse uma vaga na UTI, “já que todos os leitos estavam ocupados”.

Apesar de defender a sua posição, Larrosa aproveitou para criticar os atletas de futebol. “É muito difícil um jogador ficar intubado, muito difícil ter problema respiratório. De todos que foram infectados, quais tiveram problemas? Os jogadores são infectados porque são idiotas, eles não prestam atenção às coisas que são simples. Eles são infectados porque compartilham mate, carro e pensam serem o Superman”, concluiu.