18 C
Rio Branco
7 maio, 2021 11:52 pm

Bocalom despenca, Bolsonaro se mantém e Cameli é bem avaliado

Moradores da capita também responderam sobre expectativa do restante do mandato de Bocalom

POR REDAÇÃO CONTILNET

Uma pesquisa realiza pela Data Control com 602 entrevistados no dia 12 de abril deste ano, mostra que a popularidade do prefeito Tião Bocalom (Progressistas) desabou nesses cem dias em que ele está administrando a prefeitura de Rio Branco.

Quando foi perguntado como o cidadão rio-branquense avaliava a atual administração, 35,5% respondeu que achava péssima, 20,9% disse que estava ruim, 13,3% considera como regular, 18,06% disseram que o trabalho de Tião Bocalom estava bom e apenas 4,7% acredita que a administração do atual prefeito é boa. 7% não respondeu a pergunta ou disse que não sabia.

A pesquisa também quis saber sobre a expectativa dos moradores da capital acreana com relação ao restante do mandato do prefeito Tião Bocalom. 3,7% disseram que vai ser muito boa, 43,5% disse que será boa, 20,9% respondeu que ele seria “mais ou menos”, 18,6% acredita que será ruim e 11% afirmou que será muito ruim.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que teve uma votação expressiva em todo o Acre nas eleições passadas, foi considerado como péssimo administrador para 28,2% dos moradores de Rio Branco. Mas 29,2% disse que Bolsonaro é um bom presidente, 17,6% considera ele regular, 9,6% disse que é ruim e 13% disse que a administração do presidente é ótima. Não sabe ou não respondeu somou 2,3%

Quando foi perguntado sobre os dois anos e três meses de mandato do governador Gladson Cameli (Progressistas), para 22,5% dos rio-branquenses sua administração está sendo ótima e para 43,5% é boa. 16,6% respondeu que acha o governo de Gladson regular, 8% disse que é ruim e apenas 8,6% o considera péssimo administrador. 1% dos entrevistado não respondeu ou disse que não sabia.

A margem de erro da pesquisa é de 4,00 pontos percentuais para mais ou para menos.