32.3 C
Rio Branco
22 julho, 2021 5:19 pm

Série D: Galvez, de virada, vence o Atlético e entra no G-4

O Atlético Acreano segue sem vencer numa disputa de competição nacional

POR MANOEL FAÇANHA, NA MARCA DA CAL

O Atlético Acreano segue sem vencer numa disputa de competição nacional. Neste domingo (20), a equipe celeste caiu, de virada, no estádio Arena da Floresta, para o Imperador Galvez por 2 a 1, em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série D.

Como fica

Com a vitória, o Imperador Galvez passou a somar seis pontos, assumindo a terceira posição do grupo A1. Por outro lado, o Galo Carijó segue dividindo a última posição da chave com o GAS-RR. Os dois times ainda não pontuaram na competição.

Próximos jogos

Galvez-AC e Atlético-AC voltam a campo no próximo fim de semana pela Série D. O Imperador Galvez joga fora de casa diante do Penarol-AM.

O duelo começa às 16h (de Brasília), no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara-AM. Já o Galo Carijó recebe, no estádio Florestão, o Fast Club-AM. O duelo começa a partir das 18h.

Jogo

O lateral celeste Thomas Ben-Hur fez bom primeiro tempo, mas caiu de produção na etapa complementar. Foto/Manoel Façanha.

O Atlético começou a partida pressionando o Imperador Galvez e quase abriu o placar após jogada individual de Thomas pelo lado direito, mas o zagueiro Jô cortou o lance, apesar de quase marcar contra, aos 10 minutos.

Na sequência, após escanteio, Jeferson testou a bola para a boa defesa do goleiro Wadson.

Com mais posse de bola, o Galo continuou a pressão e, após outra bola parada, o atacante celeste Daniego escorou o lance para o gol imperialista, mas a bola passou pertinho da trave.

O Galvez então respondeu aos 23 minutos. Weverton recebeu passe em velocidade na grande área e finalizou torto, perdendo boa chance de abrir o placar para o Imperador.

Refeito do susto, o Atlético chegou com perigo numa jogada pelo lado esquerdo. O atacante Daniego entrou na grande área e fez a assistência, mas o atacante Douglas, sozinho, testou para fora, aos 29 minutos.

Numa jogada individual do experiente Radames, aos 44 minutos, o Imperador assustou o torcedor celeste. O atacante imperialista avançou e soltou o pé da intermediaria para a boa defesa do goleiro Luiz Miller.

Nos acréscimos, o atacante Daniego invadiu a área e foi parado com falta. O árbitro marcou a penalidade e o próprio Daniego colocou o Galo Carijó, merecidamente, na frente do placar.

Virada imperialista

Na segunda etapa, a defesa do Galvez esteve mais segura diante do Galo Carijó. Foto/Manoel Façanha.

Na etapa complementar de partida, o Imperador retornou bem mais ligado e organizado em campo diante de um Galo Carijó irreconhecível.

O empate então não tardou e saiu logo aos 2 minutos. Digão fez boa jogada pela direita e chutou cruzado. O zagueiro Bebê quis tirar, mas acabou mandando a bola contra a própria rede.

O empate fez bem ao Imperador diante do Atlético que retornou dos vestiários com um “apagão”. O técnico celeste Zé Marco então tentou mudar a postura da equipe e fez algumas modificações, mas elas não surtiram efeito desejado.

O atacante Wilker é levado de maca para atendimento médico após sofrer uma fratura na perna esquerda. Foto/Manoel Façanha.

Num vacilo do zagueiro celeste Reginaldo, o estreante atacante Wilker foi tocado dentro da grande área pelo goleiro Miller.

O árbitro Renan Novaes marcou a penalidade. O jogo ficou paralisado para atendimento ao atleta do Imperador por nove minutos.

Na retomada, o meia Geovani Silva cobrou a penalidade no alto do gol de Miller, assim virando o placar a favor do Galvez, aos 35 minutos.

Com a saída da ambulância para levar o atacante Wilker para uma unidade hospitalar – o jogador sofreu uma fratura do platô tibial da perna esquerda, a partida ficou paralisada meia hora.

Na retomada do confronto, com a chegada da ambulância, o Galvez tratou de segurar a pressão celeste para conseguir sua segunda vitória na competição e ainda figurar no G-4.

Arte/ge

Galvez 2 x 1 Atlético-AC

Data:20/06/2021

Local: Arena da Floresta

Árbitro: Renan Novaes (MS)

Assistentes: Fábio Nascimento e Roseane Amorim (AC)

Gols: Elielson (contra) e Geovani (GEC) e Daniego (AA)

Cartões amarelos: Wadson, Railson, Geovani e Neto (GEC)

Galvez EC: Wadson; Railson (Franklin), Felber, Jô e Giovani; Weverton, Neto (Felipe), Geovani, Digão; Radamés e Wanderson (Wilker/Matheus) Técnico: Paulo Roberto de Oliveira

Atlético-AC: Miller; Thomas, Reginaldo, Elielson e David; Diego Costa, Renato e Jeferson (Ciel); Marcelo (Ednaldo), Douglas e Daniego. Técnico: Zé Marco

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.