27.3 C
Rio Branco
7 agosto 2022 11:30 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Um mês das mortes de Bruno e Dom: veja o que falta esclarecer

Entre os principais questionamentos sobre as mortes de Bruno e Dom, que ainda não foram esclarecidos pelas autoridades, estão a eventual existência de um mandante e a motivação do crime; entenda

POR G1

No dia 5 de junho, o indigenista Bruno Pereira e o jornalista inglês Dom Philips, foram mortos na região amazônica do Vale do Javari. Um mês após o duplo homicídio, o caso segue com alguns pontos em aberto e sendo investigado pela Polícia Federal (PF), que finalizou nesta segunda-feira (4), a reconstituição do crime.

O material coletado em canoas e na região onde Bruno e Dom foram mortos deve ser levado está semana para o Instituto Nacional de Criminalística, em Brasília, onde deve passar por exames.

Após o laudo dos materiais, o inquérito policial deve determinar, de fato, quantas pessoas tiveram participação no caso.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.