26 de maio de 2024

Veja o nome dos 14 detentos envolvidos em rebelião no Acre transferidos pela PF

A transferência dos presos foi motivada pela rebelião e também como medida preventiva

Nesta quarta, feira (27), um total de 14 presos que cumpriam pena no Complexo Penitenciário de Rio Branco e estavam diretamente envolvidos com a rebelião no Presídio Antônio Amaro Alves, ocorrida no dia 26 de julho de 2023 foram transferidos para um presídio federal. A decisão da transferência foi tomada pelo judiciário e pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen), e mantida em sigilo, até esta quarta-feira, por uma questão de segurança.

Detentos sendo levados pela Polícia até o avião. Fotos: Ascom/Iapen

Durante coletiva de imprensa, realizada nesta quarta-feira, pelas forças de Segurança e Ministério Púbico do Acre, o secretário de Justiça e Segurança Pública do Acre, coronel José Américo Gaia, disse que a transferência dos presos foi motivada pela rebelião e também como medida preventiva, visando se antecipar a qualquer ação por parte dos grupos criminosos. “O objetivo é restabelecer a segurança dentro do presídio, em Rio Branco e em todo o estado”, destacou.

Forças de Segurança reunidas durante coletiva na Sejusp. Foto: Ascom/Iapen

O promotor de justiça Bernardo Albano, que coordena o Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), disse que o Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) se reuniu diversas vezes para tratar sobre a identificação dos responsáveis pela rebelião e, de posse de diversos elementos apresentados por meio da inteligência, oitivas, captura de áudio e vídeo, e também imagens feitas por drones, foi possível fazer essa identificação.  “Então, esse foi um trabalho minucioso realizado a partir da reunião e participação de toda a segurança pública”, afirmou.

Presos escoltados pela polícia no aeroporto de Rio Branco. Foto: Ascom/Iapen

Alexandre Nascimento, presidente do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), disse que a ação realizada nesta quarta-feira envolveu várias forças de Segurança como Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Penal, entre outros órgãos que, juntos, entregam uma resposta a toda população. “Com isso a gente mostra à sociedade acreana que a gente não para e que a polícia tem atuado e quem ousar enfrentar o Estado sofrerá consequências como a de hoje”, ressaltou.

Detentos no momento em que são transferidos para outro estado. Foto: Ascom/Iapen

Abaixo relação com os nomes dos presos transferidos:

  1. Railan Silva dos Santos
  2. Selmir da  Silva almeida
  3. Cleydvar Alves de Oliveira
  4. Manoel Moreira da Silva
  5. Deibson Cabral Nascimento
  6. Francisco Altevir da silva
  7. Bertônio da Silva Lessa
  8. James Oliveira Bezerra
  9. Rogério da Silva Mendonça
  10. Paulo Roberto Araújo Campelo
  11. Cleber da Silva Borges
  12. José Ribamar Alves de Souza Filho
  13. Rosenato da Silva Araújo
  14. Gelcimar Pinto de Macedo
PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost