PM é assassinada pelo namorado, que comete suicídio; mãe morre ao presenciar o crime

O homem cometeu suicídio após o crime e a mãe dele morreu em seguida.

A policial militar, Marcella Christiane Rosa, de 35 anos, foi assassinada nesta segunda-feira (24), pelo namorado por volta das 10h15 em Cândido de Abreu (PR).

O homem cometeu suicídio logo após matar a PM. Ao presenciar toda a cena, a mãe do rapaz teve um mal súbito e também faleceu.

A tragédia causou grande comoção na cidade e região.

Marcella Christane/Foto: Reprodução/Redes Sociais

Marcella estava na corporação desde novembro de 2013 e estava lotada em Curitiba, onde atuava como enfermeira no Hospital da Polícia Militar do Paraná, em Ponta Grossa. Ela era considerada uma boa profissional pelos colegas de farda. A corporação lamentou bastante o ocorrido.

“O Comandante-Geral da PMPR expressa suas condolências aos familiares e amigos da soldado Marcella Christiane Rosa. Consternados pela incomensurável perda, os militares estaduais prestam sua continência à memória da soldado Marcella”, disse a corporação em nota.

Os amigos utilizaram as redes sociais para lamentar a morte de Marcella.

“Enfermagem de luto! Meus sentimentos aos amigos e familiares. Hoje a notícia da sua morte todos que te conhecem com o coração apertado. Que Deus te receba de braços abertos. Você sempre foi uma mulher esforçada, trabalhadora. Saudades eternas minha amiga e ex-aluna. Uma técnica de enfermagem, enfermeira e policial exemplar”, destacou uma amiga.

Até o momento, não há informações sobre a possível motivação para o crime.

A Polícia Civil de Cândido de Abreu investiga o caso.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost