TRF-1 lança edital de concurso com salários de até R$ 16 mil; Confira

Concurso terá 17 vagas imediatas, além de oportunidades em cadastro reserva, para técnico e analista judiciário. Salários chegam a R$ 16 mil

Está publicado o edital do concurso TRF1 (Tribunal Regional Federal da 1° Região)! São ofertadas 17 vagas imediatas, além de oportunidades para formação de cadastro reserva, para os cargos de Técnico e Analista Judiciário, que possuem iniciais de até R$ 16.035,69.

Reprodução

Em resumos, essas são as principais informações:

  • Banca: FGV
  • Cargos: Técnico e Analista Judiciário
  • Vagas: 17 + CR
  • Inscrições: 19/6 até 22/7
  • Taxas de inscrição:
    • R$ 90,00 para Técnico Judiciário
    • R$ 120,00 para Analista Judiciário
  • Escolaridade: nível superior
  • Salários: até R$ 16.035,69
  • Provas: 29/9
  • Edital

Cargos e vagas do concurso TRF1

De acordo com o edital TRF1, são ofertadas 17 vagas, além de oportunidades para formação de cadastro reserva, para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário, ambos de nível superior de formação.

Veja a distribuição das vagas abaixo:

Analista Judiciário

  • Analista Judiciário – Área Administrativa: 1 vaga
  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Inspetor Da Polícia Judicial: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise De Dados: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise De Sistemas De Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura: 1 vaga
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Contabilidade: 1 vaga
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Civil: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia De Segurança Do Trabalho: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Elétrica: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Mecânica: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Fisioterapia: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Governança E Gestão De Tecnologia Da Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Cardiologia): CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Clínica Geral): CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Do Trabalho): CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Ortopedia): CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Odontologia: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Psicologia: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Segurança Da Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Serviço Social: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Suporte Em Tecnologia Da Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia Da Informação: CR
  • Analista Judiciário – Área Judiciária: 2 Vagas + CR
  • Analista Judiciário- Área Judiciária – Especialidade: Oficial De Justiça e Avaliador Federal: 1 Vaga + CR

Técnico Judiciário

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa: 7 Vagas + CR
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Agente Da Polícia Judicial: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Contabilidade: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Desenvolvimento De Sistemas De Informação: 2 Vagas + CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Edificações: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Suporte Técnico: CR
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia Da Informação: 2 Vagas + CR

Requisitos do edital TRF1

Para concorrer às vagas ofertadas, é necessário que o candidato tenha os seguintes requisitos:

Analista Judiciário

  • Analista Judiciário – Área Administrativa
    • nível superior em qualquer área de formação
  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Inspetor Da Polícia Judicial
    • nível superior em qualquer área de formação
    • CNH tipo C
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise De Dados
    • nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Análise De Sistemas De Informação
    • nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Arquitetura
    • nível superior em Arquitetura
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Contabilidade
    • Nível superior em Ciências Contábeis
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem
    • Nível superior em Enfermagem
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Civil
    • Nível superior em Engenharia Civil
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia De Segurança Do Trabalho
    • Nível superior em Arquitetura ou Engenharia, acrescido de pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Elétrica
    • Nível superior em Engenharia Elétrica
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Engenharia Mecânica
    • Nível superior em Engenharia Mecânica
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Fisioterapia
    • Nível superior em Fisioterapia
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Governança E Gestão De Tecnologia Da Informação
    • nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Cardiologia)
    • nível superior em Medicina ou título de especialista em Cardiologia
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Clínica Geral)
    • nível superior em Medicina ou título de especialista em Clínica Geral
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Do Trabalho)
    • nível superior em Medicina ou título de especialista em Medicina do Trabalho
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Medicina (Ortopedia)
    • nível superior em Medicina ou título de especialista em Ortopedia
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Odontologia
    • nível superior em Odontologia
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Psicologia
    • nível superior em Psicologia
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Segurança Da Informação
    • nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Serviço Social
    • nível superior em superior em Serviço Social
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Suporte Em Tecnologia Da Informação
    • nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas
  • Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia Da Informação
    • nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas
  • Analista Judiciário – Área Judiciária
    • nível superior em Direito
  • Analista Judiciário- Área Judiciária – Especialidade: Oficial De Justiça e Avaliador Federal
    • nível superior em Direito

Técnico Judiciário

  • Técnico Judiciário – Área Administrativa
    • nível superior em qualquer área de formação
  • Técnico Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Agente Da Polícia Judicial
    • nível superior em qualquer área de formação
    • CNH tipo C
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Contabilidade
    • nível superior em contabilidade
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Desenvolvimento De Sistemas De Informação
    • nível superior em qualquer área de formação e habilitações específicas em cursos de desenvolvimento de software, somados apresentem carga horária mínima de 120 horas/aula.
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Edificações
    • nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso técnico em Edificações
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Enfermagem
    • nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso técnico em Enfermagem
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Suporte Técnico
    • nível superior em qualquer área de formação e habilitações específicas em cursos de desenvolvimento de software, somados apresentem carga horária mínima de 120 horas/aula.
  • Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade: Tecnologia Da Informação
    • nível superior em Tecnologia da Informação ou nível superior em qualquer área de formação, acrescido de curso de pós-graduação em área de Tecnologia da Informação, com no mínimo 360 horas

Salários do edital TRF1

Os aprovados no edital TRF1 farão jus aos seguintes salários iniciais:

  • Técnico Judiciário: R$ 8.529,65
  • Analista Judiciário: R$ 13.994,78 a R$ 16.035,69

Inscrições do edital TRF1

Interessados devem entrar no site da banca Fundação Getúlio Vargas, entre os dias 19 de junho e 22 de julho. Para homologar a candidatura, é necessário efetuar o pagamento das seguintes taxas:

  • R$ 90,00 para Técnico Judiciário
  • R$ 120,00 para Analista Judiciário

Etapas e provas do concurso TRF1

O edital do concurso do Tribunal Regional Federal da 1° Região, será composto pelas seguintes etapas:

  • Prova objetiva (eliminatório e classificatório)
  • Prova discursiva (eliminatório e classificatório)
  • Teste de Aptidão Física (eliminatório – apenas para Analista Judiciário (Inspetor de Polícia Judicial) e Técnico Judiciário (Agente da Polícia Judicial)
  • Heteroidentificação
  • Perícia Médica

Prova objetiva

As provas estão marcadas para serem realizadas no dia 29 de setembro, nos seguintes horários:

  • Das 8h até às 13h para Analista Judiciário
  • Das 15h até às 20h para Técnico Judiciário

A distribuição das provas será realizada da seguinte forma:

Analista Judiciário – Área Administrativa – Sem especialidade; Técnico Judiciário – sem especialidade; Analista Judiciário – Área Judiciária; Analista – Judiciário – Oficial de Justiça

  • Língua Portuguesa: 20 questões
  • Raciocínio Lógico e Matemático: 6 questões
  • Noções de sustentabilidade: 6 questões
  • Noções de direitos humanos e fundamentais e de acessibilidade: 8 questões
  • Conhecimentos Específicos: 40 questões

Demais cargos

Prova discursiva

Aplicada no mesmo dia da prova objetiva, a prova discursiva será composta pela realização de uma redação. A redação irá valer 20 pontos.

A redação deverá ser redigida em gênero dissertativo-argumentativo, com número mínimo de 15 (quinze) e máximo de 20 (vinte) linhas e será corrigida segundo os critérios a seguir:

critérios redação edital TRF1

Teste de Aptidão Física (TAF)

O teste de aptidão física, de caráter eliminatório, será realizado exclusivamente para os seguintes cargos:

  • Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade: Inspetor de Polícia Judicial e
  • Técnico Judiciário – Àrea Administrativa – Especialidade: Agente da Polícia Judicial.

Serão convocados para o TAF todos os candidatos aprovados na prova discursiva, o teste consistirá em submeter os candidatos ao teste e desempenho mínimo apresentado no quadro a seguir:

TAF edital TRF1

Mais informações podem ser encontradas no edital!

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost