Rio Branco, Acre,


Comissão de Defesa do Consumidor discute altos preços de passagens aéreas no Acre

Audiência Pública foi solicitada pelo deputado federal Alan Rick

“Até meados do mês de julho havia apenas um voo das operadoras: TAM, Gol e Azul, todos compreendidos no período das 22h às 6h”, explica Alan
“Até meados do mês de julho havia apenas um voo das operadoras: TAM, Gol e Azul, todos compreendidos no período das 22h às 6h”, explica Alan

Os altos preços das passagens aéreas para o Acre serão debatidos na Audiência Pública solicitada pelo deputado federal Alan Rick (PRB) nesta quinta-feira (27), na Comissão de Defesa do Consumidor (CDC) na Câmara dos Deputados.  A reunião está prevista para as 10h30, horário de Brasília, no Plenário 6.

“Os preços são abusivos. Por exemplo, no trajeto Rio Branco Brasília, a diferença de preço chega a 267% maior que a computada nos trechos Recife – Brasília ou Natal- Brasília. Sai mais barato comprar uma passagem de Rio Branco a Montevidéu, com escala em Brasília, do que comprar da capital acreana até a capital federal. Com isso, os passageiros optam pela primeira opção, mas desembarcam em Brasília”, disse o deputado.

PUBLICIDADE

O parlamentar acreano conta com um forte aliado, o deputado federal Celso Russomanno (PRB/SP), membro da CDC e também solicitante do debate.

Além dos preços das passagens aéreas, também será colocado em pauta a escassez de voos regulares. “Até meados do mês de julho havia apenas um voo das operadoras: TAM, Gol e Azul, todos compreendidos no período das 22h às 6h”, explica Alan.

Convidados

Foram convidados para a reunião os representantes da Avianca (empresa que será convidada a operar o trecho), Azul, Gol e TAM; da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, da Superintendência de Acompanhamento de Serviços Aéreos da ANAC, do Ministério Público Federal, Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), da Infraero, do Procon do Acre, dentre outros. (Assessoria)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up