Rio Branco, Acre,


Após vetar Renda Brasil, Bolsonaro autoriza Marcio Bittar a criar novo programa social

O novo programa deve estar previsto dentro do orçamento da União para o ano que vem

Após o presidente Jair Bolsonaro declarar à imprensa nesta terça-feira (15) que estava descartada a possibilidade de criação do Renda Brasil, pelo menos até 2022, o relator do Orçamento de 2021, senador Márcio Bittar (MDB-AC) explicou que foi autorizado nesta quarta-feira (16) pelo chefe do executivo federal a criar um novo programa social em substituição ao primeiro.

“Fui solicitar ao presidente se ele me autorizava colocar dentro do Orçamento a criação de um programa social que possa atender milhões de brasileiros que foram identificados ao longo da pandemia e que estavam fora de qualquer programa assistencial. O presidente me autorizou”, disse Bittar ao jornal Folha de São Paulo, após deixar um almoço com Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Mesmo com a notícia, o senador não explicou a origem dos recursos para o novo programa.

“Não adianta agora a gente especular do que que vai tirar, de onde vai cortar. Mas eu estou autorizado pelo presidente, ele me deu sinal verde e, a partir de agora, vou conversar com os líderes do governo no Senado e na Câmara, com a equipe econômica”, afirmou também ao jornal.

O relatório deve ser entregue já na próxima semana, é o que garantiu o senador acreano.

O governo federal vinha buscando fontes alternativas para viabilizar um novo programa de renda mínima, para substituir o Bolsa Família, ampliando o número de beneficiados e o valor médio repassado.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up