Rio Branco, Acre,


Em Rio Branco, lixão pega fogo há quase 20 dias e gera fumaça tóxica na Transacreana

Bombeiros tentam conter o fogo, mas sem sucesso; Ministério Público pediu o fechamento do aterro

O fogo no aterro de resíduos sólidos da Estrada Transacreana, em Rio Branco, já dura 18 dias. Homens do Corpo de Bombeiros tentam controlar as chamas, mas até o momento sem sucesso.

Nesta quarta (9), o Ministério Público do Acre (MPAC) recomendou à prefeitura de Rio Branco a interrupção no depósito de lixo na área.

Este é o terceiro ano seguido em que o aterro tem focos de incêndio. No ano passado, foram necessários 47 dias para controlar as chamas. Em 2018, o combate à queimada no local durou mais de 50 dias.

Ainda em agosto, o químico Alcides Santos alertou para os perigos da fumaça gerada pela combustão do lixo aterrado no local. A queima de plásticos e resíduos eletrônicos liberam partículas tóxicas e cancerígenas, a depender do tempo de exposição.

(Foto: Dhárcules Pinheiro/Arquivo)

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up