21.3 C
Rio Branco
24 julho, 2021 9:31 am

Calegário nega que tenha subornado candidata e diz que vai processar petista

POR SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

Após áudios vazados de uma suposta tentativa de subornar a candidata à vereadora no município de Jordão, Maria Suemir do Nascimento Cordeiro, o deputado estadual Fagner Calegário (sem partido) declarou ao ContilNet neste domingo (18) que a situação não passou de um ‘mal entendido’.

O deputado argumentou que estava na região do município de Jordão em busca de apoiadores, ou seja, de pessoas para fortalecer sua base eleitoral. “Eu não tive nenhum voto em Jordão nas eleições passadas. Com isso, eu queria que ela viesse para meu time, mas não ofereci nenhum dinheiro para ela”, explicou.

Calegário disse ainda que após a gravação da conversa e, consequentemente, divulgação, vai processar a candidata do PT. “Gravação clandestina sem autorização é ilegal. Vou tomar minhas providências e processar ela [Suemir]”, ressaltou.

No áudio, Calegário oferece uma oportunidade para a candidata fazer parte de seu grupo político, no entanto, ela não aceita os convites feitos pelo parlamentar. Após o ocorrido, a candidata petista emitiu uma nota pública.

Nota de Suemir

Venho esclarecer a todos de um episódio que ocorreu comigo esses dias. Fui procurada pelo amigo Cosmo, o qual marcou um encontro com Deputado Fagner Calegário.

Como todos podem perceber no áudio, tentaram me corromper, com propostas que na minha humilde opinião, além de indecentes, são muito ofensivas.

Acham que por ser pobre, desempregada, apenas uma mãe de família que ganha a vida como manicure, que estou à venda. Mas, não me vendi, não me vendo e continuou firme e forte com a chapa que escolhi para minha candidatura, que é com a Professora Nagela 13 e Professor Edvan. Esses sim: conheço, admiro, tenho respeito e defendo, pois são honestos, trabalhadores e compromissados com o povo de Jordão.

Maria Suemir do Nascimento Cordeiro, candidata pelo PT.

 

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.