Rio Branco, Acre,


N. Lima apresenta chapa que vai disputar mesa-diretora da Câmara de Vereadores

Parlamentar reuniu seis colegas nesta manhã, mas garante que tem os nove votos necessários

O vereador reeleito pelo Progressistas, N. Lima, apresentou na manhã desta quinta-feira (31) a chapa que vai disputar a mesa diretora da Câmara de Rio Branco em eleição interna a ser realizada na tarde do dia 1º de janeiro.

A composição da candidatura ficou da seguinte maneira: N. Lima como presidente, Michelle Melo (PDT) como vice-presidente, Antonio Morais (PSB) como primeiro secretário, Hildegard Pascoal (PSL) como segundo secretário e Ismael Machado (PSDB) como suplente de secretário.

Além dos vereadores citados, participaram do lançamento da candidatura os parlamentares Arnaldo Barros (Pros), Raimundo Neném (PSB) e Adailton Cruz (PSB). Apenas Michelle Melo não compareceu. Ela foi diagnosticada com covid-19 e se encontra em isolamento.

N. Lima precisa de nove votos, inclusive o próprio, para vencer a disputa pelo comando do parlamento-mirim. Embora tenha reunido sete colegas, o militar garante que já tem o nono voto necessário, que, segundo ele, virá de seus colegas de partido eleitos, Samir Bestene e Rutênio Sá.

Os dois progressistas não participaram do lançamento da chapa. Na terça-feira (29), o adversário de N. Lima na disputa, Emerson Jarude (MDB), disse com exclusividade do ContilNet que ambos poderiam não compor com o colega por discordâncias. N. Lima, no entanto, garante que está tudo acertado e que o não comparecimento dos colegas se deu por motivo de viagem.

O candidato informou que sua gestão à frente da mesa diretora será de continuidade à de Antonio Morais, que presidiu a Casa em 2019 e 2020 e compõe a chapa do colega de Câmara.

“Foi uma administração séria e competente. Estou mostrando esse trabalho para convencer os colegas a nos apoiar”, disse, em entrevista ao ContilNet no início da semana.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up